Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: União Europeia garante financiamento de 55 mil contos para projecto turístico na ilha

 

Porto Novo, 26 Mai (Inforpress) – A União Europeia já garantiu o financiamento de um projecto turístico para Santo Antão, que consiste na valorização dos recursos endógenos e na qualificação dos recursos humanos, através da criação do doutoramento em turismo para quadros santantonenses.

O projecto, denominado Raízes, cuja candidatura à União Europeia foi apresentada pela Associação para a Defesa do Património de Mértola, Portugal, no quadro das relações de cooperação com o município do Porto Novo, estima-se em 500 mil euros (55 mil contos) e começará a ser implementado até Agosto próximo.

O presidente da Associação para a Defesa do Património de Mértola, Jorge Revez, acredita que “a partir do Verão deste ano”, o projecto, que tem ainda a parceria das câmaras municipais do Paul e Ribeira Grande, além das associações locais, estará a iniciar-se.

O curso de doutoramento, o primeiro a ser criado em Cabo Verde, será ministrado, a partir do ano lectivo 2017/2018, pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais (ISCEE), no Mindelo, em parceria com a Faculdade da Economia da Universidade do Algarve, Portugal.

Segundo Jorge Revez, o propósito que se pretende com o doutoramento em turismo é de ter recursos humanos altamente qualificados ao serviço do próprio desenvolvimento da ilha de Santo Antão.

Ainda no quadro da cooperação existente, há duas décadas, entre essa associação e o município do Porto Novo, a cooperação portuguesa já disponibilizou 150 mil euros (mais de 16 mil contos) para o projecto de electrificação do Planalto Norte, com recurso a energias renováveis.

Com esse projecto, que vai ser implementado pela Câmara Municipal do Porto Novo, em parceria com o Ministério da Agricultura e Ambiente e as associações locais, o Planalto Norte, no Porto Novo, passará, ainda em 2017, a ter energia eléctrica durante 24 horas/dia, com a instalação de uma unidade fotovoltaica.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos