Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão/Turismo: A um mês da época alta percursos turísticos continuam “cobertos de lixo” – agentes turísticos

Porto Novo, 05 Set (Inforpress) – A época alta do turismo em Santo Antão arranca em Outubro e o cenário, hoje, é caracterizado por “caminhos e trilhos sujos, bermas de estradas cobertas de lixo” e zonas agrícolas transformadas  em “autênticas lixeiras”.

O alerta é dos agentes turísticos, na sua maioria guias, que consideram que “o lixo tomou conta” da ilha de Santo Antão, região que, a nível paisagístico, “já não é o que era,  exactamente, por causa do lixo”, avançam.

Alguns operadores têm estado a promover campanhas de limpeza e caminhadas ecológicas para minimizar o estado de coisas, mas, sobretudo, para alertar para o estado do saneamento da ilha de Santo Antão, onde se produz, anualmente, quase quatro mil toneladas de lixo.

A maior preocupação dos operadores turísticos prende-se, entretanto, com a lixeira intermunicipal de Santo Antão, situada nas proximidades da Ribeira Brava, na estrada Porto Novo/Janela,  já considerado pelos ambientalistas “um atentado à saúde pública”.

Os santantonenses têm estado a pedir o encerramento dessa lixeira, já considerada pelas autoridades sanitárias um atentado à saúde pública, exigindo do Governo “medidas de politica mais adequadas” para resolver o problema do lixo em Santo Antão.

Esta ilha, no âmbito da cooperação portuguesa, já elaborou o seu plano operacional de gestão dos resíduos, com vigência até 2035, no âmbito do qual o Governo, em parceria com as câmaras, espera dotar esta ilha de um “aterro melhorado”.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos