Santo Antão: Tribunal do Porto Novo condena cinco individuos por tráfico de droga

Porto Novo, 13 Fev (Inforpress) – O Tribunal da Comarca do Porto Novo condenou, esta semana, a três, quatro e seis anos de prisão, os cinco indivíduos da localidade de Alto Mira detidos no âmbito da “Operação Faial”. 

Um dos arguidos foi condenado a seis anos de prisão por crime de tráfico de drogas de alto risco. Já os outros réus ficaram com as penas de três e quatro anos de prisão por crime de tráfico de droga de menor gravidade. 

O caso foi despoletado em Março de 2020 quando os réus foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) na sequência do cumprimento de mandados de busca e apreensão, na localidade de Alto Mira, no concelho do Porto Novo, no âmbito da denominada “Operação Faial”, em que foi apreendido um total de 42,570 quilogramas (kg) de Canábis. 

De acordo com a PJ a droga em causa foi apreendida em três momentos, sendo que num primeiro momento foram apreendidos, nos vários cómodos da residência de um dos detidos, 8,560kg de canábis, em fase de secagem, e uma plantação de 32 pés do mesmo produto, acusando o peso de 1,010kg.

Foi aprendida, ainda, no terreno desse mesmo indivíduo, uma plantação de 196 pés de Canábis, com um peso total de 32,210kg, tendo sido ainda apreendido 10.850 escudos cabo-verdianos e vários talões de depósito bancários. 

Na sequência da operação policial, foram apreendidos, na residência dos outros dois detidos, 485 gramas de Canábis, em fase de secagem, e 305 gramas de sementes de Canábis. 

LFS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos