Santo Antão: Três escolas com quase 700 contos para ensino da música e dança no município do Porto Novo

Porto Novo, 25 Abr (Inforpress) – Três escolas que actuam nos domínios da dança e música, no município do Porto Novo, Santo Antão, foram hoje contempladas pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) com quase 700 contos para a dinamização cultural.

Esta verba, que contemplará directamente uma centena de crianças, adolescentes e jovens, insere-se no quadro da Bolsa de Acesso à Cultura (BA Cultura), à qual as escolas Progresso (dança), Young Talent (música) e Balé MIlla (dança) concorreram com projectos que visam o ensino nas áreas que desenvolvem.

Os contratos foram assinados esta segunda-feira, em cerimónia realizada na cidade do Porto Novo, presidida pelo ministro da Cultura e das Indústrias Criativa, Abraão Vicente, que realçou o “contributo fundamental” que a BA Cultura tem dado à cultura em todo o País, mas, sobretudo, na inclusão e ocupação dos tempos livres de milhares de beneficiários.

A coordenadora da BA Cultura, Indira Lima, informou que este programa do MCIC, que se iniciou há cinco anos com 42 escolas, beneficiando mais de mil crianças, adolescentes e jovens, trabalha, actualmente, 83 escolas, abarcando três mil crianças.

Em cinco anos, o orçamento da BA Cultura passou de 12 mil contos para mais de 23 mil contos.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos