Santo Antão: Trabalhos de campo de sinalização dos caminhos vicinais  já arrancaram 

Porto Novo, 21 Jan (Inforpress) – Os trabalhos de campo com vista à sinalização dos caminhos vicinais em Santo Antão já arrancaram, estando previsto nesta primeira fase o levantamento do património, bem como dos serviços e equipamentos turísticos ao longo das rotas.

A informação foi avançada pela Rede Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo de Santo Antão (Raízes), promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal), que integra o consórcio responsável por realizar as sinalizações, do qual fazem parte ainda as empresas PATH – Portugal Active Tourism in Holidays e Letras Encantadas Estudos e Projeto.

“Nesta primeira fase, estamos a fazer o levantamento do património, bem como dos serviços e equipamentos turísticos ao longo das rotas e comunidades próximas do Tarrafal e Monte Trigo”, avançou a Raízes, através de uma nota.

Nesta etapa, está-se, também, a avaliar o estado dos caminhos vicinais e das zonas com potencial para a construção de miradouros, procedendo ainda à identificação de pontos de interesse turístico e ao levantamento cartográfico.

“Estamos certos de que este será um enorme contributo para a promoção de Santo Antão nos melhores mercados de turismo de natureza, o que levará ao aumento significativo do número de turistas nos próximos tempos”, acredita a direcção do Raízes.

O projeto conta com o financiamento do Banco Mundial e é liderado pelo Ministério das Finanças/Unidade de Gestão de Projetos Especiais.

Mais de 80 percursos distribuídos pelos três municípios de Santo Antão deverão ser mapeados e sinalizados até Maio, altura em que esses caminhos passarão a ser divulgados através de um conjunto de comunidades virtuais especializadas sobre trekking e trail running.

Os itinerários vão ser sinalizados e mapeados no âmbito do projecto sobre sinalização dos caminhos vicinais da ilha de Santo Antão, que incidirá na identificação do património histórico, etnográfico e natural, das comunidades existentes e na oferta de serviços.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos