Santo Antão: Sustentabilidade financeira é o maior constrangimento da RSA – Adalzyra Fonseca

Ribeira Grande, 13 Fev (Inforpress) – A responsável pela rádio comunitária “Rádio de Santo Antão” (RSA), Adalzyra Fonseca afirmou hoje que o maior constrangimento da RSA, continua a ser a sustentabilidade financeira, o que não lhes permite alcançar outros patamares de funcionamento.

Em declarações à Inforpress, no dia em se assinala o Dia Mundial da Rádio, Adalzyra Fonseca afirmou que a principal fonte de rendimento da RSA são as publicidades, mas, com a pandemia da covid-19, a situação financeira ficou muito limitada. 

“Não conseguimos segurar os jornalistas e animadores, que por falta de alternativas, têm procurado emprego noutras paragens” salientou a responsável da RSA dizendo que este ano, o governo ainda não atribui o “incentivo financeiro” às rádios comunitárias. 

Embora as muitas limitações, Adalzyra Fonseca garantiu que a RSA tem contribuído, e muito, para levar informações e o entretenimento às comunidades mais distantes, com a grelha de programação diversificada, que mantém a população bem informada. 

O Dia Mundial da Rádio celebra-se anualmente a 13 de Fevereiro, pois foi neste dia que a United Nations Radio emitiu pela primeira vez, em 1946, um programa em simultâneo para um grupo de seis países. 

A data foi declarada em 2011 pela UNESCO e o primeiro Dia Mundial da Rádio foi celebrado em 2012. 

LFS/HF

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos