Santo Antão: Secretário de Estado da Educação reafirma propósito do Governo em avançar em 2019 com Ensino superior nas ciências agrárias (c/áudio)

Porto Novo, 26 Out (Inforpress) – O Secretário de Estado da Educação, Amadeu Cruz, reafirmou, hoje, no Porto Novo, o propósito do Governo em avançar, já em 2019, com o Ensino Superior em Santo Antão, mas voltado apenas para as ciências agrárias.

“Não estamos a pensar numa universidade. Estamos a pensar, sim, numa instituição de Ensino Superior que disponibilize a formação ao nível das ciências agrárias e que integrará a rede pública do Ensino Superior em Cabo Verde”, explicou Amadeu Cruz.

O governante enaltece o engajamento do Executivo em dotar Santo Antão do Ensino Superior, “especificamente nas áreas de ciências agrárias”, para atender a “especificidade” da ilha de Santo Antão, mas também para estar “integrado no sistema de formação a nível nacional”, adiantou.

“O Governo entende que as ciências agrárias têm um campo amplo de actuação em Santo Antão e estamos apostados, efectivamente, para termos nesta ilha a oferta dos primeiros cursos, muito possivelmente em 2019/2020”, notou o secretário de Estado da Educação.

Amadeu Cruz falava no término de uma missão de trabalho de três dias a Santo Antão de uma equipa de catedráticos do Instituto Superior da Agronomia de Lisboa, que considera que a ideia de criação do Instituto Superior das Ciências Agrárias de Santo Antão e “muito boa” e “tem pernas para andar”.

O governante, que chegou hoje a Santo Antão, encontrou-se com os delegados do Ministério da Educação dos três concelhos com a missão portuguesa no quadro da montagem do projecto científico-académico, visando a instalação do ensino superior nesta ilha.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos