Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão/Saúde: Governo confirma arranque em 2020 do centro de saúde da Ribeira das Patas

Porto Novo, 10 Dez (Inforpress) – O centro de saúde da Ribeira das Patas, Porto Novo, está entre os investimentos previstos para Santo Antão, em 2020, pelo Governo, que promete iniciar as obras desta infra-estrutura, “há muito tempo” reivindicada pela população local.

Nos últimos anos, os cerca de três mil habitantes da Ribeira das Patas, que ascendeu, à condição de vila, em 2015, tem, insistentemente, reivindicado a construção de um centro de saúde, projecto cujo início está previsto no quadro do Orçamento Estado (OE) para 2020.

Segundo do ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, o centro de saúde da Ribeira das Patas, o maior centro populacional do interior do município do Porto Novo, constitui “uma prioridade” para o Governo, que está “a trabalhar” para que essa urge tenha “essa obra a arrancar” no ano que vem.

O centro de saúde da Ribeira das Patas é “um desígnio” do concelho do Porto Novo, segundo o edil portonovense, Aníbal Fonseca, que enaltece o “engajamento” do Governo na materialização dessa infra-estrutura, “há muito tempo” aguardada pela os moradores dessa povoação.

Associação para o Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas (ADIRP), na pessoa do seu representante, Arlindo Delgado, entende, igualmente, que essa urbe merece o seu centro de saúde, com um médico residente, já que o posto sanitário local já não responde às demandas da população.

O centro de saúde da Ribeira das Patas vai ser concebido para cobrir ainda zonas próximas, como Alto Mira, Ribeira da Cruz, Jorge Luís, Martiene, Chã de Norte e Chã de Banquinho.

Os utentes têm estado a defender a ampliação do centro de saúde da cidade do Porto Novo, cuja “estrutura física”, construída há duas décadas, no entender dos portonovenses, já não responde às necessidades deste concelho, uma preocupação já levantada, também, por Aníbal Fonseca.

Os investimentos públicos previstos para Santo Antão, no quadro do OE para 2020, ultrapassam os 960 mil contos, sendo que 84 por centro (%) desse montante estará a ser canalizada para a requalificação urbana e criação de acessibilidades.

A nível de requalificação urbana e acessibilidades, os 814 mil contos constantes do OE 2020 serão investidos, sobretudo, na requalificação das orlas marítimas das cidades do Porto Novo e das Pombas (Paul), na reabilitação de estradas de desencravamento e na requalificação de Chã de Viúva (Porto Novo).

A dinamização da agricultura e a melhoria do saneamento são outras apostas do Executivo no próximo ano, na ilha de Santo Antão.
Ainda em 2020, o Governo espera transferir para os municípios de Santo Antão, através dos fundos de financiamento municipal, do ambiente e do turismo, 550 mil contos.

JM/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos