Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Projecto “Um cão um Amigo” prevê castrar 300 cães em quatro semanas no Paul

Porto Novo, 12 Nov (Inforpress) – O projecto “Um cão, um amigo”, lançado em Março deste ano, pela Fundação Amigos do Paul na Holanda e pela Rede de Voluntariado Maria Teresa Segredo, prevê castrar, nas próximas quatro semanas, 300 cães no município do Paul.

Para o efeito, encontra-se em Santo Antão uma equipa de 12 veterinários proveniente da Holanda, que, ao longo de um mês,  procederá à castração dos cães vadios no concelho do Paul, informou a edilidade paulense.

Em Março deste ano, aquando do lançamento do projecto, uma equipa de veterinários holandeses esteve em Santo Antão, mais precisamente em Ponta do Sol, onde foram castrados algumas dezenas de cães, nessa cidade.

O projecto, “Um cão, um amigo”, que surgiu da iniciativa de um grupo de cidadãos holandeses, que, de visita a Santo Antão, constatou a existência de muitos cães em “situação de abandono”, consiste ainda, além de castração, na criação de um canil nesta ilha, que vai ser “uma espécie de um lar” para os cães abandonados, segundo a Fundação Amigos do Paul, na Holanda.

A meta é, segundo a presidente dessa fundação, “reduzir, ao máximo, a quantidade de cães abandonados” nos municípios desta ilha, através de castração, mas também da criação do canil, numa altura em que a problemática dos cães vadios tem sido uma preocupação em Santo Antão.

A câmara do Porto Novo tem na forja a criação de um canil neste município, onde os cães vadios têm estado a dizimar o gado caprino.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos