Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Projecto de água e saneamento arranca com trabalhos de consultadoria técnica

Porto Novo, 09 Mar (Inforpress) – O projecto de água e saneamento de Santo Antão, que representa um investimento de mais de um milhão de contos, até 2023, já está a ser implementado, com o arranque dos trabalhos de consultadoria técnica.

A empresa seleccionada, a Maritanian Consulting Group, já se encontra em Santo Antão para proceder aos trabalhos da consultadoria técnica do projecto, que visa, nos próximos três anos, atender aos “problemas urgentes” por que passa esta ilha em matéria de água e saneamento.

A resolução da situação emergencial do saneamento no Porto Novo, a melhoria do acesso à água potável e eficiência dos operadores de serviços de água e saneamento na ilha são alguns propósitos deste projecto, financiado em 1,2 milhões de contos pelo Banco Árabe para o Desenvolvimento em África (Badea).

A melhoria das condições para a sustentabilidade do sector de água e saneamento em Santo Antão constitui outro objectivo do projecto, que visa resolver “um dos problemas mais cadentes” a nível do saneamento nesta ilha, que se prende com a gestão dos esgotos na cidade do Porto Novo.

A nível do saneamento, este “projecto de emergência” prevê a reestruturação de todo o sistema de saneamento no Porto Novo, através da ampliação da rede de esgotos, com a instalação de mais 12 quilómetros de rede, e construção de uma estação de tratamento de águas residuais (ETAR).

No domínio de água, Porto Novo receberá, nos próximos três anos, 25 quilómetros de rede, um reservatório de 300 metros cúbicos e 3.500 ligações domiciliárias, além de outros investimentos.

No município da Ribeira Grande, vão ser reabilitados três reservatórios, feitas três mil ligações domiciliárias e instalados nove sistemas de melhoria de qualidade de água, enquanto no Paul, além das duas mil ligações domiciliárias previstas, vai ser, igualmente, reabilitado o edifício dos serviços autónomos de água e saneamento.

Este projecto insere-se no quadro de um programa de investimentos previsto para Santo Antão nos domínios de água e saneamento, a curto, médio e longo prazo, estimado em oito milhões de contos.

JM /ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos