Santo Antão: Programa de valorização turística e ambiental das aldeias rurais contemplam Monte Trigo e Tarrafal

Porto Novo, 13 Mai (Inforpress) – Monte Trigo e Tarrafal, duas localidades com fortes potencialidades turísticas, pesqueiras e agrícola no interior do concelho do Porto Novo, Santo Antão, vão beneficiar, ainda em 2022, do programa de valorização turística e ambiental das aldeias rurais.

O programa, a cargo do Fundo do Turismo, pretende valorizar as potencialidades económicas (turismo, pesca e agricultura) de ambas as localidades, situados no sudoeste do Porto Novo, incidindo ainda na melhoria do saneamento básico, segundo informou a edilidade porto-novense.

“São localidades com fortes potencialidades para o desenvolvimento do turismo, da pesca, da agricultura e com fortes atractivos culturais, históricos e uma grande diversidade de beleza paisagística, que se enquadram nos requisitos exigidos pelo programa.”, avança uma nota da autarquia.

O programa de valorização turística e ambiental das aldeias rurais, de abrangência nacional, contempla as ilhas de Santo Antão, São Nicolau, Maio, Santiago, Fogo e da Brava e consiste na diversificação da oferta turística, na melhoria do saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida das populações nas regiões abrangidas.

Tanto no Tarrafal como em Monte Trigo os operadores turísticos têm apostado em alojamentos e restaurantes para reforçar a demanda do turismo nestas duas comunidades com uma forte prática do ecoturismo, turismo de aventura e o turismo rural.

Tarrafal, cuja baía foi eleita uma das sete maravilhas naturais de Santo Antão, vai ser também abrangido pelo pacote de investimentos financiado pelo Banco Mundial, que prevê a requalificação da orla marítima desta zona piscatória, agrícola e turística.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos