Santo Antão: Programa Biodiversa Mais financia projecto sobre conservação dos ecossistemas marinhos na ilha 

Porto Novo, 02 Mai (Inforpress) – Santo Antão está a ser contemplado com o projecto sobre a conservação dos ecossistemas marinhos da ilha e suas implicações regulamentares a nível social liderado pela Universidade de Aveiro (Portugal).  

O projecto é financiado pelo Programa Biodiversa Mais, uma parceria europeia para a biodiversidade que apoia “investigação de excelência” sobre biodiversidade com impacto para a sociedade e as políticas, de acordo com um documento sobre este projecto, a que a Inforpress teve acesso.

Trata-se de um projeto europeu que tem como objetivo mapear os habitats costeiros na ilha de Santo Antão, criando recomendações para planos de gestão, visando a redução ou mitigação dos impactos antropogénicos.

 Este projecto, que tem como um dos parceiros a Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal), pretende também realizar actividades de divulgação e capacitação para a conservação destes recursos de capital importância para Cabo Verde.

É um projeto que está a cargo da Universidade de Aveiro e conta com a participação de uma dezena de parceiros de quatro países europeus, sendo financiado pelo Programa Biodiversa Mais, uma parceria europeia para a biodiversidade que apoia investigação de excelência sobre a biodiversidade.

Santo Antão dispõe do parque marinho da Cruzinha, uma das cinco áreas protegidas existentes nesta ilha, que ainda possui os parques naturais terrestres da Cova/Paul/Ribeira da Torre, Moroços, Tope de Coroa e a paisagem natural das Pombas.

JM/AA

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos