Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Professor Universitário visita Cabo Verde com criação da universidade agrícola em agenda

 

Porto Novo, 19 Jul (Inforpress) – O professor universitário cabo-verdiano, radicado em Holanda, António Silva, estará a partir da próxima semana em Cabo Verde, onde espera obter o apoio das autoridades cabo-verdianas na implementação do projecto da universidade agrícola de Santo Antão.

Durante a sua estada no arquipélago, António Silva, natural de Santo Antão, espera conseguir o engajamento dos possíveis parceiros do projecto designadamente do Ministério da Educação e das câmaras municipais de Santo Antão, além de quadros desta ilha, à volta deste projecto.

Para o efeito, espera, já em Agosto, antes do seu regresso a Holanda, promover uma mesa redonda em Santo Antão com vista a discutir e “socializar” o projecto, bem assim obter o deseajado apoio das autoridades locais e nacionais na implementação dessa iniciativa.

A visita, segundo este académico, será “uma oportunidade  para estabelecer o dialogo” com os municípios santantonenses e com o Governo para que a universidade agrícola, cuja ideia foi lançada há seis anos, possa avançar, finalmente.

“A nossa grande prioridade é instituir, a curto prazo, a universidade agrícola de Santo Antão”, avançou o professor, que disse ter já assegurado a parceria da Cooperação Holandesa e o apoio de colegas holandeses na sua concretização, faltando ainda o engajamento dos municípios santantonenses.

No seu entender, Santo Antão necessita, “urgentemente”, de um estabelecimento de ensino superior genuinamente santantonense e, especificamente, orientado para o sector da agro-pecuário.

“Por Santo Antão”, António Silva promete “continuar a lutar” para que esta ilha venha a ter, “a curto prazo”, esse estabelecimento de ensino superior, virado para “a realidade” santantonense.

Admite que Santo Antão tem todas as condições, tanto do ponto de vista de infra-estruturas como de recursos humanos, para receber a universidade, existindo na ilha, a seu ver, “muitos quadros preparados”, com mestrado em ciências agrárias.

Os santantonenses têm estado a defender um ensino superior condizente à realidade de Santo Antão, tendo proposto já, em diversos fóruns, a criação de um instituto superior de ciências agrárias, capaz de realizar, na própria ilha, “cursos desenhados para o mundo rural”.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos