Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão/Planalto Leste: Amupal pode exportar produtos transformados para França

Porto Novo, 06 Set (Inforpress) – A Associação das Mulheres do Planalto Leste (Amupal) em Santo Antão, admitiu hoje a possibilidade de poder exportar os seus produtos transformados, como doces, licores e compotas, para o mercado europeu, a partir da França.

A presidente da associação, Josefa Sousa, informou que já existe interesse, sobretudo, da Diáspora cabo-verdiana na França, e contactos com vista à exportação dos produtos naquele  país europeu, onde os produtos Amupal, levados por emigrantes e turistas, já gozam de “muita preferência”.

Os produtos fabricados pela Amupal dispõem já do selo de origem atribuído aos produtos genuínos da ilha de Santo Antão e estão em vias de conseguir mais um certificado, que vai facilitar a exportação, acredita a presidente da associação.

Trata-se do selo SPG, ou seja, sistema participativo de garantia dos seus produtos, destinado a produtos originários dos parques naturais de Santo Antão, e que surge no quadro do projecto sobre agro-ecologia, como instrumento para a conservação da paisagem terrestre e para a resiliência das comunidades rurais” desta ilha.

Esta certificação, conforme a Amupal, abre “boas perspectivas” em termos de mercados no País e além-fronteiras e cria possibilidade dos produtos desta organização participarem em feiras nacionais e internacionais.

Por outro lado, o turismo interno está a ganhar espaços no Planalto Leste, onde as unidades turísticas têm estado, nos últimos tempos, a receber grupos de turistas nacionais.

É o caso das unidades Casa das Caldeiras e Pousada Oásis, que têm estado a receber, ultimamente, turistas nacionais que procuram Santo Antão, mas, sobretudo, o Planalto Leste, um dos pontos de maior atracção turística desta ilha.

Josefa Sousa, gerente da Casa das Caldeiras, confirmou que, ultimamente, essa unidade tem recebido grupos de visitantes nacionais, facto que está a dinamizar o turismo no Planalto Leste, depois de mais de um ano em que a actividade turística esteve completamente paralisada em Santo Antão.

No Planalto Leste localiza-se um dos maiores perímetros florestais de Cabo Verde, com 1.600 hectares de extensão, declarada reserva florestal em 1990, e onde se localiza grande parte do parque natural de Cova/Paul/Ribeira da Cruz, galardoado, em 2019, do prémio Melina Mercouri, para a salvaguarda e gestão de paisagens culturais.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos