Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Orlando Delgado almeja retomar apoio da cooperação Luxemburguesa

Ribeira Grande, 27 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Orlando Delgado, salientou hoje, no encontro com o encarregado de negócios do Grão-ducado do Luxemburgo em Cabo Verde, Thomas Barbancey, que almeja retomar o apoio da Cooperação Luxemburguesa.

Orlando Delgado, que falava à imprensa no final do encontro, disse que nos anos 90 até 2000, noventa por cento (%) dos apoios da cooperação luxemburguesa eram para Santo Antão. Entretanto segundo o presidente da CMRG estes apoios foram retirados “totalmente” da ilha que, desde então, não tem nenhuma actividade da cooperação luxemburguesa.

O edil ribeira-grandense relembrou alguns investimentos feitos pela cooperação luxemburguesa em sectores como a electrificação, a saúde, a educação ou o abastecimento de água, o que, segundo Orlando Delgado, “permitiu um desenvolvimento bastante acelerado na ilha”.

“Temos todos os motivos para continuar a ter essa parceria estratégica e estreita com a cooperação luxemburguesa” frisou Orlando Delgado.

Neste sentido, Delgado desejou que, no próximo Programa Indicativo de Cooperação (PIC), já assinado entre os governos do Luxemburgo e de Cabo Verde, Santo Antão possa também ter o seu “quinhão”.

“Santo Antão continua com problemas a nível do saneamento, do abastecimento de água e de outros projectos estruturantes que são também necessários. Por isso esperamos ser contemplados com uma parte do financiamento de 68 milhões de euros para que possamos ter mais desenvolvimento a nível local e da ilha”, disse Orlando Delgado.

Por sua vez, o encarregado de Negócios da Embaixada do Luxemburgo em Cabo Verde, recentemente empossado, Thomas Barbancey, disse estar muito contente em estar onde tudo iniciou e, por isso, veio à Santo Antão para contactar e tomar conhecimento dos “problemas”.

“Os dois Governos assinaram um novo PIC com acções muito pertinentes e importantes para Santo Antão, no que tange ao emprego e ao desenvolvimento local, como para todo o território cabo-verdiano” finalizou Thomas Barbancey.

LFS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos