Santo Antão: Operadores “muito satisfeitos” com fluxo turístico para Tarrafal de Monte Trigo durante época alta

 

Porto Novo, 13 Jun (Inforpress) – O fluxo de turistas para Tarrafal de Monte Trigo, no Porto Novo, entre Outubro de 2016 e Maio de 2017, deixou “muito satisfeitos” os operadores dessa localidade, que se assume como um dos principais destinos turísticos em Santo Antão.

“Este ano, o turismo no Tarrafal de Monte Trigo foi uma maravilha. Pensamos que o fluxo de turistas foi maior em relação aos últimos anos”, avançou à Inforpress Simão Évora, um dos operadores turísticos locais.

Conforme Simão Évora, aposta do Tarrafal de Monte Trigo no turismo tem vindo a ser “um sucesso ano pós ano”, apesar das dificuldades ainda existentes, sobretudo em termos de acesso, que têm condicionado a actividade nessa localidade.

Da mesma forma, o operador João Crisóstomo diz-se “muito satisfeito” com os resultados conseguidos durante a época alta do turismo, em que Tarrafal de Monte Trigo, apelidada de “pérola do turismo” em Santo Antão, terá sido visitado por milhares de turistas.

Houve certos períodos, sobretudo em Dezembro, em que a taxa de ocupação nos estabelecimentos foi de 100 por cento (%)”, adiantou este operador, que defende ainda “uma aposta forte” nas festas da Páscoa, que pode ser “um produto turístico importante” para essa zona.

Este operador disse acreditar que, caso o Governo crie as infra-estruturas de apoio ao turismo no Tarrafal de Monte Trigo, essa actividade “tem tudo para dar certo” nessa zona, com grandes potencialidades tanto na vertente da natureza e como balnear.

Segundo João Crisóstomo, a conclusão da estrada para Tarrafal de Monte Trigo é um dos projectos mais aguardados pelos operadores locais que receberam, “com muita satisfação”, a notícia avançada pelo edil, Aníbal Fonseca, de que já existe o financiamento para a construção do troço que falta, estimado em 12 quilómetros.

“Com uma estrada condigna, os turistas vão procurar ainda mais Tarrafal de Monte Trigo”, acredita este operador turístico, que tem vindo a defender, também, a requalificação da baía dessa localidade, eleita, em 2013, uma das sete maravilhas naturais de Santo Antão.

A edilidade porto-novense espera contar com o apoio do Governo, através do Fundo do Turismo, para a requalificação da baia do Tarrafal de Monte Trigo.

Vinte e cinco mil contos é montante que a autarquia pretende investir, no decurso de 2017, na primeira fase de requalificação da orla marítima do Tarrafal de Monte Trigo e da cidade do Porto Novo.

Santo Antão recebe, anualmente, perto de 20 mil turistas, provenientes mormente do norte da Europa, à procura, sobretudo, do turismo de natureza.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos