Santo Antão: Operadores antevêem “boas perspectivas” para o turismo sub-aquático em 2019

Porto Novo, 30 Abr (Inforpress) – O turismo subaquático que, nos últimos anos, tem conhecido algum incremento em Santo Antão, sobretudo no Porto Novo, deve continuar a crescer este ano, graças à promoção desse segmento do turismo em feiras internacionais.

Os operadores acreditam que o turismo subaquático em Santo Antão, ilha que dispõe de uma das maiores biodiversidades marinhas do arquipélago, vai continuar a crescer ao longo deste ano, fruto das acções de promoção dessa actividade em mercados como França e Alemanha.

Nos últimos tempos, a biodiversidade marinha de Santo Antão, através do centro de mergulho Blue Eden, esteve patente em duas feiras turística internacionais em Alemanha e França, razão pela qual os operadores turísticos antevêem “boas perspectivas” para o turismo sub-aquático, nesta ilha.

Santo Antão está a diversificar a sua oferta turística, apostando também no mergulho sub-aquático, uma actividade que, no entender dos operadores, está a ser “bem sucedida”, dadas as potencialidades que a ilha oferece neste domínio.

O centro de mergulho Blue Eden, com sede na cidade do Porto Novo, tem estado a operar, já há algum tempo, em Santo Antão, cuja biodiversidade tem estado a ser divulgada em eventos nacionais e internacionais.

Está na forja, a criação de um segundo centro de mergulho no concelho do Porto Novo, mais precisamente no Tarrafal de Monte Trigo, projecto estimado em 70 mil contos e que já foi apresentado pelos investidores às autoridades locais.

O trekking (caminhadas em trilhas) é, para já, o principal produto turístico de Santo Antão, ilha que está a diversificar a oferta turística, apostando, também, no turismo sub-aquático e no canyoning.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos