Santo Antão: Navios com mais de 500 turistas aportam a ilha que procura entrar na rota do turismo de cruzeiros

Porto Novo, 30 Out (Inforpress) – Alguns navios de cruzeiros têm, nos últimos dias, chegado a Santo Antão, ilha que reclama alguma “quota-parte” no mercado do turismo de cruzeiros, apesar da dimensão do porto, que só recebe navios de pequeno e médio porte.

Pelo menos três navios de cruzeiros, dois de médio porte, da companhia Island Sky Shipping, das Bahamas, que atracaram ao cais, e outro de grande porte, também das Bahamas, que ficou pela baía do Porto Novo, chegaram, nos últimos dez dias a Santo Antão, trazendo a bordo 529 turistas de várias nacionalidades.

No primeiro dia de Novembro é esperado no porto do Porto Novo um iate caravela.

A vinda desses navios de cruzeiros a Santo Antão, além de toda a movimentação que traz à ilha, acontece numa altura em que os operadores turísticos, autarcas e deputados nacionais, têm estado a reclamar a extensão do porto para poder receber navios de maior dimensão.

Conforme a Enapor – Portos de Cabo Verde, o porto do Porto Novo, que recebeu em 2010 obras de expansão e modernização, passando a dispor de 245 metros lineares de berço de acostagem, tem capacidade para receber navios cruzeiros de médio porte.

Em caso dos navios de grande porte, esta infra-estrutura portuária está equipada com uma plataforma flutuante que permite o desembarque dos turistas.

O Governo, que já lançou o concurso para a realização dos estudos de ampliação do porto, acredita, também, que o turismo de cruzeiros será “um mercado importante” para Santo Antão, que poderá passar a receber 10 a 20 por centro (%) dos navios que aportarem o futuro terminal de cruzeiros São Vicente.

A previsão é de que 200 mil turistas deverão aportar São Vicente, com o terminal de cruzeiros, podendo 10 a 20% vir a Santo Antão.

A chegada desses navios de cruzeiros a Santo Antão acontece, igualmente, em plena época alta do turismo nesta ilha que, praticamente todos os dias, recebe grupos de turistas, provenientes sobretudo do Norte da Europa, para a prática de caminhadas em trilhas à procura da natureza (trekking).

A época alta do turismo em Santo Antão acontece entre os meses de Outubro e Maio, período em que esta região recebe “milhares” de turistas, sobretudo dos países do Norte da Europa.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos