Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: MIOTH vai lançar concurso de ideias para requalificação da orla marítima do Paul com apoio de Portugal (c/áudio)

Cidade das Pombas, Paul, 28 Jun (Inforpress) – O Ministério das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação (MIOTH), em parceria com o Ministério do Ambiente e da Acção Climática de Portugal, vai lançar brevemente um concurso internacional de ideias para requalificação da orla marítima do Paul.

Em declarações à imprensa a ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva explicou que o Governo tem “intervindo” em várias orlas marítimas, no total de sete e quatro já estão em obras.

A orla marítima do concelho do Paul, segundo a ministra tem apresentado uma maior “complexidade” na sua resolução. É que, segundo a governante, “todas as tentativas que fizeram para fechar o projecto não resultou”.

“Já há muitos anos que tem vindo a intervir nesta orla, mas sempre de forma paliativa”, elucidou Eunice Silva, que salientou que trouxe o ministro do Ambiente e da Acção Climática de Portugal, João Pedro Matos Fernandes, para ver em que mediadas o Governo de Cabo Verde pode contar com Portugal na concepção para a solução do problema da orla marítima no Paul.

Para isso, a mesma fonte assegurou que brevemente será lançado em Portugal um concurso internacional de ideia e a empresa vencedora irá elaborar um estudo não só no sentido da resolução de riscos e segurança da comunidade que vive ao redor da orla, mas também na solução para as pessoas terem uma orla aprazível onde se pode conviver e desfrutar da paisagem.

“O Governo está empenhado, foi uma promessa e vamos encontrar uma solução duradoura para a orla marítima do Paul. Já fizemos intervenções está segurado nos próximos anos. Mas, Paul merece uma solução definitiva e duradoura, e é isto que vamos fazer” garantiu a ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva.

Por sua vez o ministro do Ambiente e da Acção Climática de Portugal, João Pedro Matos Fernandes, reforçou a parceria com o MIOTH, mas alertou para a necessidade de protecção das casas perto da orla e que vão “cuidar” para encontrar um projecto para a orla marítima do Paul.

Já o presidente da Câmara Municipal do Paul (CMP), António Aleixo, afiançou que se trata de uma “boa visita” ao seu município onde, segundo o mesmo, já conseguiram ver “uma luz ao fim do túnel”.

“É preciso primeiro planificar e significa neste caso fazer os estudos que há muito ambicionávamos. Agora com o apoio da corporação portuguesa e o empenho do MIOT de certeza isso vai para frente”, congratulou-se o edil paulense.

LFS/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos