Santo Antão: Ministro reconhece que conservação do pescado é “um grande problema” no Tarrafal de Monte Trigo (c/áudio)

Porto Novo, 29 Jan (Inforpress) – O ministro do Turismo, Transportes e Economia Marítimo, José Gonçalves, reconheceu, segunda-feira, no Porto Novo, que a conserva do pescado constitui “um grande problema” para os operadores de pescas no Tarrafal de Monte Trigo, em Santo Antão.

De visita à essa localidade, também com “grande potencial” turístico, José Gonçalves disse ter visto “na prática” as preocupações dos pecadores do Tarrafal de Monte Trigo, sobretudo a nível de conservação do pescado, mas também de desembarque, assegurado que “o Governo está a trabalhar para mitigar os constrangimentos que afligem os pescadores” locais.

“Vi, realmente, as preocupações que afligem os pescadores. O Governo está a trabalhar para mitigar os problemas. Faltam infra-estruturas de gelo e de desembarque, mas há soluções que estão há vista. Algumas medidas podem ser tomadas de imediato”, notou o ministro que tutela o sector das pescas, definindo como “prioridade” a melhoria da unidade de produção de gelo e conservação do pescado no Tarrafal de Monte Trigo.

O ministro, que iniciou, segunda-feira, uma visita de quatro dias a Santo Antão, disse estar ainda “atento” à preocuparão dos pescadores quanto à necessidade de construção de um cais de pesca nessa comunidade piscatória, uma das mais importastes da ilha de Santo Antão.

Trata-se de uma infra-estrutura prevista no âmbito do projecto integrado, estimado em 200 mil contos, que o Governo tem previsto para Tarrafal de Monte Trigo, com início previsto para este ano de 2019.

O projecto tem como “foco principal” as pescas, mas abarca ainda a agricultura e o turismo, dois sectores também de “grande potencial” nessa localidade.

“Há uma grande dinâmica no turismo nesta localidade. Há investimentos privados e o Governo está a apoiar os privados na criação das condições para potenciar o seu desenvolvimento”, avançou o governante, destacando ainda a construção da estrada de acesso a Tarrafal de Monte Trigo, pronta até finais deste ano.


JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos