Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Ministério da Educação autoriza doutoramentos em Turismo e Ciências Económicas e Empresariais que arrancam em Janeiro

 

Porto Novo, 14 Dez (Inforpress) – A ministra da Educação já emitiu os despachos de acreditação dos doutoramentos em Turismo e Ciências Económicas e Empresariais, que arrancam a partir de Janeiro, no quadro do projecto Raízes, que já está sendo implementado em Santo Antão.

O programa dos dois doutoramentos, financiados pelo Governo, através do Fundo do Turismo, vai ser desenvolvido pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais (ISCEE), no Mindelo, em parceria com a Universidade do Algarve (Portugal).

Segundo o presidente do ISCEE, Amadeu Cruz, com o despacho de Maritza Rosabal, que, “brevemente”, será publicado no Boletim Oficial, este instituto está agora em condições de abrir os processos de candidatura a esses dois doutoramentos, que serão ministrados em parceria com a Universidade do Algarve.

O Governo, através do Fundo do Turismo, vai ser um dos parceiros na implementação do projecto Raízes (Redes locais para o turismo sustentável e inclusivo em Santo Antão), co-financiado pela União Europeia (UE), comprometendo-se a financiar os dois doutoramentos.

Raízes está estimado em 660 mil euros (cerca de 72 ml contos), tendo a UE entrado com 500 mil euros (55 mil contos) na execução deste projecto, que consiste na valorização dos recursos endógenos e qualificação dos recursos humanos em Santo Antão.

Entre a Universidade do Algarve e o ISCEE foi firmado um protocolo para viabilizar os dois doutoramentos abertos a quadros de todas as ilhas, estando já definidos as cadeiras e o corpo docente, segundo Jorge Revez, presidente da Associação para a Defesa do Património de Mértola (ADPM), Portugal, um dos mentores deste projecto, com duração de duração de três anos.

Este projecto, iniciado em Setembro, incidirá, essencialmente, na capacitação dos quadros, operadores turísticos, agentes culturais, associações locais e municípios, visando a diversificação e qualificação da oferta turística em Santo Antão.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos