Santo Antão: Ministério da Educação apresenta resultados de trabalho para implementação do ensino superior

Porto Novo, 19 Mai (Inforpress) – A instalação do ensino superior em Santo Antão, já partir de próximo ano lectivo, conhece novos desenvolvimentos com uma visita nos últimos dias à ilha da equipa do Ministério da Educação, que se encontra a trabalhar no  processo.

A equipa, integrada pelo director do Gabinete do Ensino Superior, Aquilino Varela, e pelo consultor Paulino Fortes, ex-reitor da Universidade de Cabo-Verde (Uni-CV) deslocou-se a Santo Antão para apresentar os resultados dos trabalhos que levará, já a partir de Setembro, a instalação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias, na ilha.

A delegação, que manteve encontros com as câmaras municipais e as delegações do Ministério da Educação, aproveitou para recolher subsídios com vista a enriquecer o projecto de ensino superior que se quer para Santo Antão.

O secretário de Estado da Educação, Amadeu Cruz, numa recente visita a Santo Antão, reafirmou o propósito do Governo de, numa parceria com o Instituo superior da Agronomia de Lisboa, instalar o Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão, que, agora em 2019, estará a promover os primeiros cursos abarcando áreas como a agricultura, pecuária, água, floresta e energias renováveis.

O Governo  quer “estender” o ensino das ciências agrárias a Santo Antão para “dar respostas concretas” às necessidades do “desenvolvimento sustentável” desta ilha, que tem como uma das “principais aspirações” a criação do ensino superior.

Para os autarcas, o ensino superior constitui “um grande desígnio” da ilha que, nos últimos anos, tem reivindicado, insistentemente, a criação de um pólo universitário, como forma de proporcionar aos jovens santantonenses oportunidades de prosseguirem os estudos superiores na sua própria região.

JM/AA

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos