Santo Antão: Luz Viva tem “luz verde” para arrancar com obras de reabilitação de habitações degradadas

Porto Novo, 28 Abr (Inforpress) – A associação Luz Viva, em Lagoa do Planalto Leste, em Santo Antão, tem “luz verde” das câmaras municipais do Porto Novo e da Ribeira Grande para avançar com as obras de reabilitação das casas degradadas nesta localidade.

O presidente da associação Luz Viva, Aristides Morais, informou que as condições estão criadas para o arranque das obras que, numa primeira fase, abrangem sete habitações de famílias pobres, cujas estruturas ameaçam ruir, num investimento de mais de 1.600 contos.

As duas câmaras municipais vão comparticipar com um milhar de contos, cabendo à associação Luz Viva entrar com as restantes verbas para a reabilitação das sete casas, que colocam em risco a vida das pessoas, avançou este responsável.   

A recuperação destas habitações constitui “uma das prioridades” da associação Luz Viva para este ano de 2022, segundo o líder associativo, que se diz preocupado com a situação das habitações nesta zona, que precisam ser reabilitadas.

No Porto Novo, a edilidade espera, até 2024, requalificar, pelo menos, mil casas degradadas, reduzindo, assim, o número de habitações deterioradas neste município, onde, pelo menos, três mil famílias vivem em condições precárias.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos