Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão/Lixeira Intermunicipal: Guias de turismo preocupados com os impactos ambientais do lixo durante as chuvas

Porto Novo, 30 Jul (Inforpress) – A Associação dos Guias de Turismo de Santo Antão está preocupada com os impactos ambientais provocados pelo lixo despejado na lixeira intermunicipal desta ilha, mostrando-se “disponível” a ajudar a “minimizar” os efeitos durante as chuvas, que se avizinham.

Odair Gomes, presidente da Associação dos Guias de Turismo de Santo Antão, garante que esta organização deseja “contribuir” com as autoridades municipais na minimização dos impactos provocados pelo lixo despejado na lixeira intermunicipal, que se transformou, a seu ver, num “problema sério de cariz ambiental e de saúde pública”.

Neste âmbito, a Associação dos Guias de Turismo de Santo Antão agendou, para este sábado, uma mega campanha de limpeza nas ribeiras e leitos das ribeiras invadidas pelo lixo proveniente da lixeira, com o propósito de “atenuar” o impacto ambiental com a chegada das chuvas.

Todos os anos, quando chove, o lixo da lixeira, que se situa nas imediações da Ribeira Brava, no litoral entre os municípios do Porto Novo e Paul, é arrastado para o mar, colocando em risco a vida marinha, explicou Odair Gomes, para quem se trata de uma situação que tem preocupado a Associação dos Guias de Turismo de Santo Antão.

Entretanto, a Associação dos Municípios de Santo Antão tem já em andamento os trabalhos de construção do aterro melhorado nesta ilha que substituirá a lixeira intermunicipal da Ribeira Brava.

O presidente da Associação dos Município de Santo Antão, Aníbal Fonseca, explicou que o aterro melhorado vai situar-se nessa mesma localidade (Ribeira Brava), mas “longe da estrada” e num sítio “onde haverá condições de tratar sempre os resíduos”.

O projecto, financiado pelo Fundo do Ambiente, em 12 mil contos, consiste na construção de um trilho e construção do espaço onde passará a ser depositado todo os lixos produzidos nos municípios do Paul e Ribeira Grande.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos