Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: “Lê Séb” conquista mercado santantonense

Ribeira Grande, 06 Set (Inforpress) — A recém-criada marca de produtos tradicionais, Lê Séb, do empresário Arnaldino Rodrigues, conhecido por Momone caiu no gosto dos santantonenses e está a conquistar o seu espaço nos mercados da ilha. 

Café moído, camoca, farinha de milho fino, xerém são alguns dos produtos fabricados por Lê Séb. 

Momone explicou à Inforpress que tem uma razão “muito simples” que o fez investir num negócio de produtos tradicionais em plena pandemia. É que segundo o mesmo são produtos que as pessoas consomem diariamente e, ao longo da sua pesquisa, viu que estes produtos chegam nos mercados de Santo Antão vindo de outras ilhas ou de outros países. 

“Comecei a financiar o projecto, mas no meio do caminho o dinheiro acabou e logo de seguida veio a pandemia. Parei, mas sempre lutando para retornar com o investimento e hoje financiei Lê Séb a 100 por cento (%). 

Nesta primeira fase a mesma fonte salientou que utiliza café importado como matéria-prima e justificou que ainda não usa o café de Santo Antão porque “não é suficiente” para a sua demanda. 

Entretanto, Arnaldino Rodrigues garantiu que já está em contacto com alguns fornecedores de Santo Antão e pensa lançar um café genuíno da ilha “em breve”. 

Além do café moído, camoca, farinha de milho fino, xerém, Momone elucidou que pretende “resgatar” um produto que era “muito usado” em Santo Antão antigamente, a farinha de mandioca. 

“Hoje para comer uma farinha de mandioca tem que ser importado então a intenção é começar a produzi-lo e também estimular os agricultores a plantar mais para nos vender em quantidade maior” frisou Arnaldino Rodrigues. 

Lê Séb conta com dois funcionários fixos, mas segundo Momone devido à procura já pensa contratar mais um funcionário.  

Quanto ao mercado, Arnaldino Rodrigues acentuou que primeiro ficará só em Santo Antão neste primeiro momento, mas pretende colocar os seus produtos nas outras ilhas. 

LFS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos