Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Investimentos na luta contra pobreza no âmbito do Poser pode ultrapassar 120 mil contos até finais de 2017

 

Porto Novo, 23 Set (Inforpress) – Os investimentos realizados em Santo Antão no quadro do Programa Oportunidades “Poser”, que visa a luta contra a pobreza, através de projectos produtivos, rondaram os 54 mil contos entre 2014 e 2016, devendo esse montante ultrapassar os 120 mil contos até Dezembro.

Segundo dados conseguidos junto do Poser, entre 2014, ano em que o programa se iniciou em Santo Antão, e 2016, foram implementados 79 projectos nesta ilha visando a luta contra a pobreza, que rondaram os 54 mil contos, sendo que, para este ano de 2017, a previsão aponta para a realização de 28 projectos, na ordem dos 74 mil contos, até Dezembro.

O Poser, uma componente do Programa Nacional de Luta contra Pobreza (PNLP), tutelado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), é co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e pelo Governo de Cabo Verde e abarca projectos geradores de empregos e rendimentos em áreas como a agricultura, a pesca e a pecuária.

A nível da ilha, os fundos disponibilizados no quadro do Poser são geridos pelo Conselho Regional de Parceiros (CRP) que já prepara um novo pacote de projectos para 2018, que será o último ano de execução deste programa, em curso deste 2014, em Santo Antão.

O Poser propõe, entre 2014 e 2018, libertar da pobreza cerca de 1.600 famílias nos três municípios de Santo Antão, com a implementação de perto de uma centena e meia de projectos geradores de empregos e rendimentos.

Além de actividades produtivas, este programa, que sucedeu a PLPR (Programa de Luta contra a Pobreza no Meio Rural), privilegia ainda o sector da educação, com o apoio a alunos carenciados com o transporte escolar e internamento nas residências estudantis.

O PLPR foi implementado entre 2004 e 2012, período em que foram investidos 323 mil contos em acções de combate à pobreza em Santo Antão, abrangendo os domínios da habitação social, água e saneamento, que beneficiaram, directamente, 15 mil pessoas, em toda a ilha, com uma taxa de pobreza estimada em 54 por cento (%) da população.

JM/JMV

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos