Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Guias turísticos recebem “com satisfação” notícia sobre recuperação dos caminhos vicinais

Porto Novo, 11 Jan (Inforpress) – A Associação dos Guias do Turismo de Santo Antão recebeu hoje “com satisfação a notícia” de que a recuperação dos caminhos vicinais nesta ilha é um dos investimentos garantidos pelo Banco Mundial, com implementação prevista para 2022.

“Quem conhece Santo Antão sabe que o maior activo turístico da ilha são os caminhos vicinais existentes na mesma. Sabem também que este património (os trilhos) de valor inestimável carece de intervenções urgentes, tanto na manutenção como na recuperação”, avançou o presidente da associação dos guias do turismo desta ilha, Odair Gomes.  

Por isso, foi “com satisfação” que esta associação recebeu “a notícia” de que o Banco Mundial já financiou a recuperação de cerca de 71 quilómetros dos caminhos vicinais em toda a ilha no decorrer do ano em curso.  

“Os guias e associação de classe estão disponíveis a colaborar com as autoridades responsáveis pelo projecto, para que a sua execução seja uma realidade em prol da preservação e valorização patrimonial, mas também do turismo”, adiantou este responsável.

A requalificação de 71 quilómetros de caminhos vicinais integra o pacote de investimentos, com financiamento garantido pelo Banco Mundial, para a ilha de Santo Antão, segundo o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca.

Este pacote integra ainda a requalificação da orla marítima do Tarrafal de Monte Trigo.

Segundo o autarca, que é também presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, “está assente o financiamento” destes dois investimentos no quadro do pacote para Cabo Verde no domínio do turismo, financiado pelo Banco Mundial.

Os 71 quilómetros de caminhos vicinais integram as sete rotas turísticas em Santo Antão, percursos que são “muito apreciados” pelos turistas que procuram a ilha para a prática de caminhadas em trilhas (trekking).  

As rotas foram criadas e assinaladas no âmbito da Rede de Promoção do Turismo Sustentável e Inclusivo de Santo Antão (Raízes).

Além disso, a Câmara Municipal do Porto Novo tem inscrito no seu plano de investimentos para 2022 cerca de cinco mil contos para a intervenções nos caminhos vicinais, danificados em 2019 pelas enxurradas.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos