Santo Antão: Guias de turismo esperam receber subsídio do Governo ao longo dos próximos meses

Porto Novo, 05 Set (Inforpress) – Vinte e nove guias de turismo de Santo Antão, que participam, ao longo dos próximos dois meses e meio, numa acção de formação de guias de montanha, esperam receber, durante este período, algum apoio financeiro do Governo.

O presidente da Associação de Guias Profissionais de Turismo de Santo Antão, Odair Gomes, disse esperar que, no decorrer da formação, que já decorre nos municípios do Porto Novo e Ribeira Grande, os 29 guias possam receber “um subsídio” prometido pelo Ministério do Turismo.

Nos últimos cinco meses, com a paralisação do turismo em Santo Antão, os mais de 70 guias profissionais de turismo nesta ilha têm enfrentado “muitas dificuldades, já que ficaram sem rendimentos, pelo que o apoio financeiro permite à classe amenizar os problemas.

Odair Gomes congratula-se com a realização da acção de formação para os 29 guias, iniciativa que possibilita a esses profissionais “reforçarem os seus conhecimentos” para poderem “prestar um trabalho com mais afinco” nestes tempos de pandemia.

“É uma mais-valia, já que os guias vão poder reforçar os seus conhecimentos e preparar-se para lidar, da melhor forma, com os turistas no contexto de pandemia”, notou este responsável.

A formação surge no âmbito de uma parceria entre o Ministério dos Transportes e Turismo e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), com o objectivo de capacitar os guias para acompanharem grupos de praticantes de turismo de montanha e de natureza, que procuram Santo Antão.

O director do centro do IEFP em Santo Antão, Paulo Rodrigues, explica que o curso visa preparar os guias de turismo para esta “nova etapa, que requer outros conhecimentos” com vista a “melhorar o turismo no contexto de pandemia”.

JM/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos