Santo Antão: “Governo tem que fazer uma fiscalização mais apertada ao fabrico da aguardente” – António Monteiro

Paul, 15 Mar (Inforpress) – O presidente da UCID alertou hoje para a necessidade de uma fiscalização “mais apertada ao fabrico de aguardente pelo Governo, de forma a impedir que o açúcar que vem a Santo Antão seja utilizado na produção do grogue.

António Monteiro, que falava à Inforpress no Paul, para fazer o balanço da sua visita de três dias aos concelhos de Santo Antão, salientou que a Inspecção Geral das Actividades Económica (IGAE), sozinha, “não tem capacidade” de impedir que as pessoas façam o uso de açúcar de forma “indiscriminada” na produção de aguardente.

“É preciso que haja outros agentes e que o Governo empenhe um pouco mais, porque os agricultores que passam durante um ano a tentarem produzir a cana sacarina para posteriormente produzir um produto de qualidade acabam por ver-se completamente desolado quando sabem que outros produtores estão a produzir com custo muito inferior e ainda conseguem colocar este produto de má qualidade no mercado”, explicou António Monteiro.
O líder da UCID relembrou ainda que o actual Governo produziu uma lei para o controlo de qualidade da aguardente para “precisamente” evitar a utilização do açúcar na produção do grogue.
Mas António esclareceu que constatou, durante a sua visita a Santo Antão, que essa questão precisa ser “acautelada”, defendendo uma maior fiscalização.
António Monteiro constatou ainda que os agricultores de Santo Antão se sentem “afortunados” por terem tido este ano uma boa produção.
“Mas, por outro lado, não conseguem escoar os seus produtos, consequentemente, não conseguem garantir os rendimentos necessários para poderem dar continuidade à sua actividade agrícola. Entendemos que há uma falha tremenda do Governo, que não criou as condições para o escoamento dos excedentes.
António Monteiro visitou a ilha de Santo Antão durante três dias para “sentir o pulsar” da população e também apresentar José Graça à população como cabeça de lista do partido às eleições legislativas de Abril.
LFS/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos