Santo Antão: Gado caprino nas zonas altas está a ser atacado por cães vadios – criadores

Porto Novo, 03 Jun (Inforpress) – O gado caprino nas zonas altas de Santo Antão está a ser atacado por cães vadios para o desespero dos criadores, que clamam pela “intervenção urgente” das “autoridades competentes” na resolução do problema.

Os criadores de gado, a braços com o problema de seca, que aflige a ilha há dois anos, voltam a enfrentar o problema dos cães abandonados que, alertam, estão a dizimar o gado caprino nas zonas altas, precisamente as mais afectadas pela estiagem, havendo, também, casos de ataque a bovinos.

Benvindo Fonseca, porta-voz dos criadores, diz que a classe está em “desespero” devido a essa situação, considerando que os cães vadios estão a constituir “uma séria ameaça” ao efectivo pecuário nas zonas altas de Santo Antão, sobretudo no Planalto Leste.

Já por várias vezes, os criadores de gado, sobretudo nos concelhos do Porto Novo e Paul, manifestaram aos serviços do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) na ilha e às autoridades municipais a sua preocupação relativamente ao ataque dos cães sarnentos ao gado caprino.

No caso do Porto Novo, a autarquia tem na forja a criação de um canil, na expectativa de atenuar o problema de cães abandonados que, segundo os munícipes, está a constituir um perigo à saúde pública, neste concelho.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos