Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Fundação dos Amigos do Paul na Holanda mobiliza projectos para combater problemática do abuso sexual de menores

Porto Novo, 10 Ago (Inforpress) – A Fundação dos Amigos do Paul na Holanda está a mobilizar projectos junto dos seus parceiros holandeses para “ajudar a minimizar a problemática do abuso sexual de menores” em Santo Antão e noutras ilhas de Cabo Verde.

A presidente desta fundação, Maria Teresa Segredo, sem avançar pormenores, confirmou que a instituição que dirige está a discutir com os seus parceiros na Holanda a implementação de projectos sociais no País, que visam, designadamente, atenuar os efeitos do problema de abuso sexual de menores, que, ultimamente, tem estado no centro das preocupações dos santantonenses.

“Dando continuidade à nossa luta para o desenvolvimento de Cabo Verde, continuamos em todas as frentes procurando, cada vez mais, parcerias para apoiar nas diversas áreas. Nesses últimos dias, estivemos debruçados sobre vários projectos sociais, procurando ajuda para minimizar a problemática do abuso sexual” em Cabo Verde, sublinhou Maria Teresa Segredo.

A educação é outra área em que a Fundação dos Amigos do Paul na Holanda está a intervir, tendo já equipado “a maior parte das salas de aulas” em Cabo Verde, segundo a responsável.

A ilha de Santo Antão tem sido, ultimamente, “bastante mediática” em termos de denúncias sobre o abuso sexual de menores, que têm motivado marchas de sensibilização da sociedade, promovidas por alunos, professores e santantonenses, em geral.

Apesar desse mediatismo, a delegação do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) em Santo Antão admite que o número de casos relacionados com abuso sexual de menores está a diminuir nesta ilha, em comparação com o ano anterior.

“Realmente, a ilha de Santo Antão tem sido bastante mediática em relação à denúncia de casos de abuso sexual de menores, que têm vindo a acontecer, mas, em relação ao ano anterior, tivemos este ano menos casos”, sublinhou a delegada do ICCA, Earsénia Nico.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos