Santo Antão: Familiares de Autelino Correia repudiam manifestação solidária a favor de Amadeu Oliveira (c/áudio)

Ribeira Grande, 17 Set (Inforpress) – Os familiares de Autelino Correia, assassinado em Julho de 2015 por Arlindo Teixeira, cliente de Amadeu Oliveira, repudiam a manifestação solidária a favor do causídico e dizem-se “revoltados” pela forma como o jurista tirou o constituinte do País.

Em declarações à imprensa, o irmão da vítima Aldevino Andrade questionou os organizadores da manifestação se fosse um familiar, amigo ou pessoa das suas relações como “agiriam” sobre tal facto.

“Estamos indignados com a justiça em Cabo Verde, não aceitamos a sentença e também repudiamos a forma como Amadeu Oliveira conduziu o caso desde o início” enfatizou.

O irmão da vítima acusou que houve “burla” nas provas do crime, um dos factos que, segundo o mesmo, “indignou” os familiares da vítima.

Este alegou que não tiveram “nem vez, nem voz” nunca foram procurados para “pronunciar” sobre o assassinato do irmão. Por isso “tentaram” de alguma forma utilizar as redes sociais para exporem o seu “desagrado” perante este caso.

“O meu irmão deixou um filho menor, e nunca fomos procurados para ouvirem a outra versão do caso” salientou.

O caso remonta o ano de 2015, na comunidade de Caibros, no interior do concelho da Ribeira Grande de Santo Antão, quando Arlindo Teixeira, emigrante, de férias em Cabo Verde, terá assassinado o jovem Autelino Andrade.

Arlindo Teixeira foi condenado a 11 anos de cadeia continuando em prisão preventiva a aguardar o desfecho do recurso ao Tribunal Constitucional.

Em 26 de Abril de 2018, com dois anos, oito meses e 26 dias em prisão preventiva, o Tribunal Constitucional mandou soltar o arguido por considerar que agiu em legítima defesa.

Passados todos esses anos, os familiares de Autelino Andrade continuam revoltados com a decisão dos tribunais, conforme declarações de Aldevino Andrade, irmão da vítima.

A manifestação pacífica de apoio ao advogado Amadeu Oliveira está agendada para esta tarde em Ribeira Grande de Santo Antão.

LFS/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos