Santo Antão: Empresários apostam numa  fábrica de queijo  “totalmente nova” no Porto Novo

Porto Novo, 13 Nov (Inforpress) – Os empresários no ramo da pecuária, João Santos e Pedro Santos, vão apostar na instalação, no Porto Novo, Santo Antão, de uma fábrica de queijo “totalmente nova”, com equipamentos modernos, que ficará em Lajedos, no interior deste concelho.

Estes empresários, donos da actual fábrica de queijo, que funciona, há mais de duas décadas, em Branquinho, cidade do Porto Novo, informaram que pretendem investir “muitos milhares de contos” na montagem de uma unidade completamente nova, com equipamentos modernos.

Entretanto, os “graves problemas” de transportes marítimos inter-ilhas, aliados à seca, que se faz sentir há três anos, fazem da actual fábrica de queijo uma empresa “altamente deficitária”, informou João Santos, que avançou que, nos últimos anos, a preocuparão dos proprietários foi de, sobretudo, manter os postos de trabalho.

“É que se está perante uma actividade altamente deficitária, devido aos graves problemas de transportes marítimos e à seca”, explicou este empresário, adiantando que as dificuldades de escoamento têm limitado essa unidade em termos de mercado.

João Santos e Pedro Santos decidiram já montar uma unidade nova em Lajedos, investimento de “largos milhares de contos”, cuja viabilidade dependerá “muito” da resolução dos problemas dos transportes marítimos inter-ilhas, explicam.

Além de vários tipos de queijos, a aposta será ainda na produção de charcutarias e carne defumada.

Saliente-se que os operadores económicos de Santo Antão têm estado a reivindicar a criação de uma linha marítima que ligará esta ilha aos mercados turísticos do Sal e da Boa Vista

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos