Santo Antão: Edil portonovense promete “lutar” para que os passaportes passem a ser emitidos no Porto Novo

 

Porto Novo, 23 Ago (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, em Santo Antão, Aníbal Fonseca, prometeu, esta quarta-feira, “lutar” para que os passaportes passem, novamente, a ser emitidos neste município santantonense.

O autarca portonovense respondia, assim, à uma preocupação dos emigrantes em férias no Porto Novo, que aproveitaram um encontro promovido pela edilidade local para se interrogar sobre as razões que levaram a suspensão da emissão dos passaportes, neste concelho.

Na ilha de Santo Antão, os passaporte têm sido, nos últimos tempos, emitidos somente em Ribeira Grande, “uma situação excepcional” que, segundo o edil portonovense, pode estar relacionado com problemas de impressão “nos serviços competentes” no Porto Novo.

“Trata-se de uma situação pontual mas que prometemos lutar para repor a normalidade, ou seja, para que os passaportes voltem a ser emitidos no Porto Novo”, avançou Aníbal Fonseca.

Os emigrantes dizem não entender as razões que obrigam os cidadãos deste concelho a se deslocarem à Ribeira Grande de Santo Antão para requerer passaporte, documento que, “há bem pouco tempo”, era emitido a partir da Esquadra da Policia Nacional, no Porto Novo.

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo admitiu que se está perante “uma dificuldade grande” para os munícipes e reiterou a sua determinação para, junto do Governo, resolver essa situação que tem desagrado os portonovenses.

A necessidade de se melhorar o estado do saneamento no município do Porto Novo, em termos de gestão dos resíduos sólidos e líquidos, a problemática do alcoolismo e o mau estado das vias de acesso foram outras preocupações colocadas pelos emigrantes em férias, no encontro promovido pela autarquia local.

Aníbal Fonseca aproveitou para falar dos desafios que se colocam, neste momento, ao município do Porto Novo, designadamente nos domínios do saneamento e habitação social.

Enalteceu ainda o contributo que os emigrantes têm dado ao processo de desenvolvimento do concelho, exortando a disporá portonovense para “influenciar” potenciais investidores a realizarem investimentos no Porto Novo, município que, a seu ver, “tem grande potencial económico”.

JM/JMV

Inforpress/ fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos