Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Edil do Porto Novo defende necessidade de os municípios “pensarem seriamente” a situação da lixeira intermunicipal

Porto Novo, 21 Dez (Inforpress) – A situação da lixeira intermunicipal de Santo Antão, nas imediações da Ribeira Brava, na fronteira entre Porto Novo e Paul, está a preocupar os autarcas que defendem a necessidade de se “pensar seriamente a questão” deste espaço.

Para o presidente da câmara do Porto Novo, Aníbal Medina, a situação “não é agradável”, sobretudo para aqueles que utilizam regularmente a estrada Porto Novo/Janela, razão pela qual, a seu ver,  os três município de Santo Antão devem “trabalhar” no sentido de propor ao Governo uma soluçado para a lixeira.

A lixeira intermunicipal de Santo Antão, já considerada “um problema de saúde pública” e um “atentado ambiental”, está a ser transformada em campo de pastagem para animais, enquanto os operadores turísticos insistem sua remoção.

Segundo o edil da Ribeira Grande, Orlando Delgado, os municípios de Santo Antão estão a discutir com o Governo a forma de “mitigar a situação” da lixeira, explicando que a ideia é fazer “uma intervenção faseada que permita a utilização” dessa infra-estrutura de saneamento “de uma forma mais organizada”.

“Em vez de se avançar para um aterro sanitário, com um custo perto de 300 mil contos, estamos à procura dos meios para fazer uma intervenção que permita a utilização  da lixeira de uma forma mais organizada”, adianta Orlado Delgado.

O Governo já prometeu, numa parceria com as câmaras municipais, instalar, nesta ilha,  um aterro melhorado, com vedação, maquinaria, espaços de separação do lixo e com vigilância.

O aterro sanitário está, para já, fora dos planos do Governo, que teria, de mobilizar, “no mínimo”, cinco milhões de dólares para a construção dessa infra-estrutura, segundo o ministro que responde pelo sector do ambiente, Gilberto Silva.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos