Santo Antão: Destinos turísticos emergentes, desafios e oportunidades em debate no fim do projecto Raízes

Porto Novo, 30 Nov (Inforpress) – Destinos turísticos emergentes, desafios e oportunidades, é um dos temas em debate hoje, no Porto Novo, num encontro que marca o encerramento do Projecto das Redes Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo de Santo Antão (Raízes).

O tema vai ser dirigido pelo professor Júlio Mendes, da Universidade do Algarve (Portugal), entidade parceira do projecto Raízes, que foi implementado em Santo Antão nos últimos três anos, período em que se investiu 660 mil euros na promoção do turismo sustentável na ilha.

O papel das áreas protegidas na diversificação e promoção do turismo, questão que vai ser abordada por Alexandre Nevsky, da Direcção-geral do Ambiente, e o património cultural e desenvolvimento sustentável, a cargo do presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Fernandes, vão estar, também, em discussão no encerramento do projecto Raízes, que conta com a presença do ministro do Turismo, Carlos Santos.

Uma nota da Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal), promotora de Raízes, explica que o projecto, co-financiado pela União Europeia, cooperação portuguesa e Governo de Cabo Verde, contribuiu, nesses três anos, para “promover o turismo sustentável como factor de geração de rendimentos e melhoria das condições sócio-económicas de Santo Antão”.

O projecto centrou-se na diversificação e   qualificação da oferta turística com base no património, bem como em capacitar as associações, refere a nota enviada à Inforpress, que destaca ainda as actividades realizadas, desde 2017, com destaque para elaboração do plano de acção para o turismo em Santo Antão, abertura de centros de interpretação nos três municípios e sinalização de rotas.

Ainda no quadro do projecto Raízes, disponibilizou-se um website  de promoção do turismo na ilha de Santo Antão e apostou-se na promoção acções de formação para associações, empresários e artesãos, assim como na organização dos doutoramentos em turismo e em ciências económicas e empresariais.

O acto de encerramento do projecto Raízes  conta ainda com a presença da embaixadora da União Europeia em Cabo Verde.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos