Santo Antão: Deputados do PAICV alertam para o abandono da barragem de Canto de Cagarra

Porto Novo, 05 Jan (Inforpress) – Os deputados da Nação do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), eleitos por Santo Antão, alertaram hoje para a situação de abandono da barragem de Canto de Cagarra, no vale da Garça, nesta ilha.

Os parlamentares do PAICV (oposição), que estão de visita a Santo Antão, chamaram atenção para o “total abandono” da barragem “desde as chuvas ocorridas há seis meses”, referindo-se ainda à “complexa sabotagem” a que esta obra tem estado sujeito por parte do “poder instituído desde 2016”.

O alerta foi feio pela deputada Rosa Rocha que divulgou “imagens registadas no local da barragem que elucidam o total abandono” desta infra-estrutura hidráulica e “testemunham a complexa sabotagem, a que vem sendo alvo nos últimos sete anos”.

“Sem dúvida, esta é uma das obras hidráulicas mais emblemáticas da ilha, mas cujo potencial impacto, quer na agricultura, quer no eco-turismo, vêm sendo claramente sabotado, por atitudes do poder instituído desde 2016, incluindo o Governo, através do Ministério da Agricultura e a Câmara Municipal de Ribeira Grande”, notou a deputada Rosa Rocha.

Inaugurada em 2014, a barragem de Canto de Cagarra custou cerca de 575 mil contos, financiamento mobilizado no âmbito da linha de crédito com Portugal.

Tem uma albufeira que comporta um volume de 418 mil metros cúbicos de água, numa extensão de 84 mil metros quadrados.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos