Santo Antão: Cães vadios estão a atacar o gado caprino no Porto Novo para aflição dos criadores

 

Porto Novo, 06 Jun (Inforpress) – Os criadores de gados no Porto Novo alertaram hoje às autoridades competentes para o facto de cães vadios estarem a dizimar o gado caprino neste concelho, onde a pecuária constitui o sustento de inúmeras famílias.

Em algumas zonas do Planalto Leste, os criadores avançaram à Inforpress que “dezenas” de cabras foram já mortas pelos cães, que deambulam pelo interior de toda a ilha de Santo Antão.

Segundo Domingos Gaudêncio, da localidade de Espadaná, no Planalto Leste, estima-se que, pelo menos, 20 cabras terão sido, nos últimos dias, mortas pelos cães sarnentos, pedindo a “quem de direito” para ajudar os criadores de gado a se livrarem desses cachorros abandonados.

Igualmente, na zona Norte do Porto Novo, os criadores de gado locais estão a ser confrontados com essa situação, segundo o porta-voz Fidel Neves, que avançou que têm sido registados vários casos de animais mortos.

Essa situação acontece numa altura em que os criadores, sobretudo das zonas altas do Porto Novo, começam a enfrentar um outro problema: a penúria de água para o gado.

Domingos Gaudêncio confirmou que a escassez de água está, efectivamente, a afectar a actividade pecuária no Planalto Leste.

O presidente da Assembleia Nacional e deputado pelo círculo eleitoral de Santo Antão, Jorge Santos, na sua recente visita a Santo Antão, alertou para a “necessidade urgente” de um plano de salvamento do gado no Porto Novo, designadamente no Planalto Norte.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos