Santo Antão/Bacias hidrográficas: MAA decide avançar com reordenamento das sub-bacias de Lagoa e Miguel Pires

Porto Novo, 25 Abr (Inforpress) – As sub-bacias de Lagoa da Ribeira das Patas e Miguel Pires, em Jorge Luís/Ribeira da Cruz, no Porto Novo, começam, ainda em 2019, a ser reordenadas no âmbito dos projectos de desenvolvimento das bacias hidrográficas de Santo Antão.

O delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), Joel Barros, explicou que, dentro das bacias hidrográficas da Ribeira das Patas e Jorge Luís/Ribeira da Cruz, este ministério decidiu avançar com intervenções nas sub-bacias de Lagoa e Miguel Pires, priorizando a mobilização de água e correcção torrencial.

Trata-se, segundo o delegado do MAA no Porto Novo, de intervenções previstas para 2019, as quais vão ao encontro das reivindicações dos agricultores dessas localidades, quanto à necessidade de o Governo investir na mobilização de água para o relançamento da actividade agrícola local.

O Governo tem na forja, já a partir deste ano, o reordenamento das bacias hidrográficas da Ribeira das Patas, Jorge Luís/Ribeira da Cruz e Garça (Ribeira Grande), projectos que vão exigir investimentos que podem rondar os quatro milhões de contos, até 2035.

Os projectos vão ser implementados por fases, prevendo-se que, nesta primeira fase (2019), as intervenções cheguem aos 240 mil contos.

JM/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos