Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Amupal mobiliza parceiros em Portugal para avançar com projecto de produção de vinhos

Porto Novo, 05 Dez (Inforpress) – A Associação das Mulheres do Planalto Leste (Amupal), em Santo Antão, está a mobilizar organizações parceiras em Portugal com vista a instalar uma unidade de produção de vinhos nesta ilha, projecto que tem em carteira desde 2017.

A presidente da Amupal, Josefa Sousa, avançou à Inforpress que algumas organizações não-governamentais portuguesas já demonstraram a sua disponibilidade para apoiar esta associação na mobilização de financiamento para a materialização deste projecto.

Josefa Sousa disse que a Amupal está a actualizar o projecto que, até a próxima semana, será enviado para Portugal, através de uma pessoa amiga e interessada em apoiar a associação das mulheres do Planalto Leste na concretização desse empreendimento, que consiste na montagem de uma pequena unidade de produção, que pode custar à volta de um milhar de contos.

A Amupal, que já tem em andamento um projecto de transformação de frutas no Planalto Leste, com o apoio das cooperações portuguesas e luxemburguesas, está esperançada em conseguir o financiamento para o projecto que, segundo Josefa Sousa, “tem tudo para dar certo”.

Essa associação, considerada um dos principais parceiros de desenvolvimento do Planalto Leste, pretende aproveitar “uma importante” produção de uvas que, todos os anos, se perde nesse planalto para a produção do vinho.

Pretende ainda revitalizar o cultivo de uvas no Planalto Leste com a recuperação dos terrenos e construção de um pomar.

Planalto Leste de Santo Antão, onde existe uma das maiores zonas florestais em Cabo Verde, com 1.600 hectares de extensão, é, também, conhecido pela “grande quantidade” de frutas (uva, maça, marmelo) que produz e que tem sido sub-aproveitada pelos produtores.

Com o apoio da organização-governamental Atelier Mar e das cooperações portuguesas e Luxemburguesa, a Amupal conseguiu implementar um projecto de transformação de frutas e produção de licores, produtos que estão prestes a ser lançados no mercado, com um selo próprio.

No caso da produção de vinho, essa associação, que já dispõe ainda de uma unidade turística, possui no seu seio “dezenas” de mulheres, pretende, numa primeira fase, produzir para os turistas que chegam, diariamente, ao Planalto Leste.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos