Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão/Agricultura: “É preciso reavaliar o embargo, criar as condições técnicas e científicas para uma solução ao problema” – PR

Porto Novo, 14 Set (Inforpress) – O Presidente da República exortou hoje o Governo a reavaliar o embargo imposto aos produtos agrícolas de Santo Antão desde 1984, para “uma solução” a esta “questão de fundo” com que se confronta a agricultura, nesta ilha.

Jorge Carlos Fonseca, que se encontra de visita a Santo Antão, onde a questão do embargo tem sido uma preocupação dos agricultores, entende que “é muito difícil falar numa agricultura desenvolvida” nesta ilha, sem que antes se encontre “uma solução para o embargo, que é uma questão de fundo”.

Para o Chefe de Estado, é essencial, por isso, “reavaliar a situação”, criar as condições necessárias “do ponto de vista técnico e científico” com vista à “uma solução ao problema do embargo”, decretado há quase 40 anos para conter o alastramento da praga dos mil pés, que, desde os anos de 1970, infesta a ilha de Santo Antão.

O presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, Aníbal Fonseca, pediu, por ocasião do Dia do Município do Porto Novo, que se assinalou a 02 de Setembro, “uma solução sustentável” para o problema do embargo, que, a seu ver, “tem feito tanto mal à economia” da ilha.

Aníbal Fonseca considerou que o embargo que tem afectado a agricultura desta ilha “é prova evidente de que este não é o caminho” para se resolver o problema de pragas, nesta região.

“Proibir por proibir qualquer um pode fazer. Todos os que têm poder podem, mas o problema não é, pura e simplesmente, o embargo aos produtos agrícolas de Santo Antão, que tanto mal faz à economia desta ilha e à agricultura em particular”, diz o autarca.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos