Santo Antão acolhe celebrações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Porto Novo, 11 Nov (Inforpress) – Santo Antão recebe, a partir de hoje, e durante três dias, vários eventos enquadrados na campanha sobre as comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos humanos, incitativa da Comissão Nacional dos Direitos Humanos e Cidadania (CNDHC).

Em Ribeira Grande, primeiro município a acolher as actividades comemorativas, realizam-se, este domingo, sessões de sensibilização nos Caíbros e na escola do Ensino Básico de Figueiral, actividades contam com as parcerias da Associação das Mulheres Solidárias de Figueiral e do Grupo Sócio Cultural de Caíbros.

O programa prossegue, esta segunda-feira, no Paul, concelho onde as actividades vão decorrer na escola secundária Januário Leite  e na localidade de Pontinha de Janela.

O ponto alto das actividades acontece, terça-feira, no Porto Novo com a apresentação da campanha 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, em que vai estar em debate o tema sobre os direitos humanos em Cabo Verde e em Santo Antão, ganhos e desafios.

A campanha, que assinala os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, lançada, em Junho, na ilha da Boa Vista, pela CNDHC, tem o financiamento da União Europeia no âmbito do projeto “Promovendo os direitos humanos e laborais através do GSP+”, e o apoio do Sistema das Nações Unidas.

Pretende-se com esta iniciativa promover o conhecimento e o debate sobre a história, princípios e artigos Declaração Universal dos Direitos Humanos, ainda estimular a população cabo-verdiana a interiorizar esses princípios no quotidiano e a reconhecer a responsabilidade de todos na promoção e defesa dos direitos humanos.

No âmbito da campanha, que decorrerá até Dezembro de 2019, foram realizadas actividades nos concelhos da Boa Vista, Praia, Ribeira Brava, Tarrafal de São Nicolau e São Domingos.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas a 10 de Dezembro de 1948, documento traduzido em mais de 500 línguas, que define os 30 direitos básicos de todos os seres humanos em todos os lugares, independentemente de qualquer condição.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos