Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: 760 jovens vão beneficiar de estágios profissionais e formação profissional na ilha – Olavo Correia (c/áudio)

Porto Novo, 23 Mar (Inforpress) – Cerca de 760 jovens em Santo Antão vão poder, ao longo deste ano, beneficiar de estágios profissionais empresariais e formação profissional, no âmbito do programa de estágios profissionais e empregabilidade, lançado hoje no Porto Novo pelo Governo.

O acto de lançamento do programa foi presidido pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, que garantiu que os recursos estão mobilizados e as condições estão criadas para que as metas predefinidas a nível nacional e da ilha de Santo Antão sejam atingidas.

Para todo o arquipélago, o Governo prevê abarcar, em 2019, cinco mil jovens para estágios profissionais e outros tantos cinco mil jovens para formação profissional, informou Olavo Correia indicando que a equipa do Ministério das Fianças, que tem a responsabilidade de emprego e formação profissional, está “engajada” para que essas metas sejam alcançadas.

Caso isso aconteça, o Governo irá em 2020 aumentar os recursos para alcançar o maior número possível de jovens com estágios profissionais e formação profissional no país, avançou o governante, que chegou hoje a Santo Antão para uma visita de trabalho de dois dias.

Para 2019, serão disponibilizados 318 mil contos para o financiamento de estágios profissionais e 177 mil contos para subsidiação da formação profissional.

Além disso, o Executivo, segundo o ministro das Finanças, tem “instrumentos” que permitam aos empresários acederem a financiamentos, destacando o Fundo de Garantia Parcial, estimado em dez milhões de dólares norte-americanos, para as micro, pequenas e médias empresas.

O Governo já criou também o Fundo Soberano, à volta de 90 milhões de euros, para “apoiar” grandes projectos de empresários em Cabo Verde, explicou Olavo Correia, para quem está criado “todo o sistema” para que os empresários “possam fazer a diferença”.

Olavo Correia, garantiu, por outro lado, que em matéria de emprego o Governo espera criar, no decurso deste ano, nove mil postos de trabalho.

JM/FP

Inforpress/Fim

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos