Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago Sul: Futebolistas manifestam-se contra cancelamento do campeonato

Cidade da Praia, 24 Fev (Inforpress) – Um grupo de futebolistas da região desportiva de Santiago Sul manifestou-se hoje contra o cancelamento do campeonato regional naquela região e para chamar a atenção das autoridades para o descontentamento da classe.

A manifestação foi anunciada por um grupo de jovens atletas que critica os clubes que votaram contra a retoma da época desportiva e reivindicam a retoma do campeonato regional de futebol da temporada 2020/2021.

Os manifestantes marcharam por algumas das principais artérias da Cidade da Praia, em sinal de descontentamento pela situação reinante “sem que os jogadores tivessem conhecimento”.

Um dos promotores desta iniciativa foi o futebolista Admar Almeida, para quem “nunca houve diálogo entre os jogadores e as equipas para debaterem sobre o assunto”, tendo sublinhado que, com esta manifestação, pretende-se chamar a atenção das autoridades quanto ao descontentamento da classe.

“Nós jogadores, só soubemos do cancelamento do campeonato quando a decisão já tinha sido tomada e, em momento algum, houve qualquer negociação com os atletas”, lamentou.

“Muitos de nós precisamos do futebol para pagar a escola, comer e vestir, pois durante a pandemia não nos foi dada nenhuma ajuda e neste momento poucas equipas estão a pagar os salários dos jogadores”, acrescentou.

Por sua vez, o internacional cabo-verdiano Rony Tavares disse que várias regiões desportivas já iniciaram a competição e questionou o porquê da não retoma do campeonato em Santiago Sul, esta que é referenciada como a maior região desportiva do país.

“Porque há falta de condições apenas no nosso campeonato? Será que é falta de requisitos ou falta de interesse?”, questionou, afirmando que se as equipas focarem somente em encontrar soluções para o arranque do campeonato, em vez de problemas, “claro que haveria o campeonato”.

Rony Tavares salientou que esta manifestação foi realizada para mostrar o descontentamento e a indignação dos jogadores acerca da decisão tomada pelos clubes e apelou a “mais respeito com a classe dos futebolistas”.

“O que mais nos indigna é a falta de respeito de alguns clubes, que votaram contra a retoma do campeonato, sem mesmo ter ouvido os seus atletas”, declarou.

O jogador concluiu que, com esta manifestação, espera que todas as entidades desportivas os ouçam e mudem de ideia em relação à não retoma da época desportiva.

Os clubes de futebol da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS) votaram contra a retoma da época desportiva nesta que é a maior região desportiva do País, alegando falta de condições em infra-estruturas, financeiras e sanitárias.

A decisão saiu de uma reunião realizada a 12 de Fevereiro, passado, que contou com a presença de 19 das 22 equipas filiadas, em que 14 clubes votaram contra a retoma da época, quatro se abstiveram e um não se manifestou.

DM/SR//HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos