Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago Norte: Ministro satisfeito com andamento das obras do projecto de aproveitamento hidroagrícola (c/áudio)

Assomada, 17 Set (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente manifestou-se, esta quarta-feira, satisfeito com o andamento das obras do projecto de aproveitamento hidroagrícola em andamento nos municípios de São Salvador do Mundo e Santa Catarina, no interior de Santiago.

Após ter visitado as obras dos referidos projectos em Faveta (São Salvador do Mundo), Boa Entrada e Achada Leite (Santa Catarina) e ter tomado pulso do ano agrícola nos dois municípios, Gilberto Silva assegurou que os três projectos visam, sobretudo, garantir o rendimento aos agricultores dessas três localidades agrícolas.

Em São Salvador do Mundo, onde se reuniu com agricultores, informou que têm na fase final um projecto de valorização hidroagrícola de água da barragem da Faveta, orçado em 104 mil contos, que contempla sistema de bombagem e sistema fotovoltaico de cerca de 25 quilowatts de potência instalada para alimentar as bombas, visando distribuir a água a montante.

“É um projecto importante que está a ser ultimado, e podemos ficar satisfeitos com o andamento do projecto [da valorização hidroagrícola de água de barragem da Faveta]”, congratulou-se.

Gilberto Silva destacou o facto de em São Salvador do Mundo haver condições para o transporte e distribuição de água para a zona de Cacheu a partir da Faveta, razão que o leva a afirmar que “significa que é possível desenvolver uma actividade agrícola que seja mais sustentável e mais produtiva”.

Já em Santa Catarina, o ministro visitou o projecto POSER Clima em Boa Entrada e de plantação de coqueiro e produção de pecuária em Achada Leite.

Em Boa Entrada, o governante lembrou que o Governo financiou vários projectos de conservação de solos e água e de fruticultura, num investimento de cerca de oito mil contos.

Conforme informou, tal investimento naquele sítio, que disse ter “algum potencial”, visa facilitar a criação de melhores condições para a produção agrícola naquela bacia.

Já em relação ao projecto em Achada Leite considerou “interessante” a dimensão da pecuária.

“Estamos a falar de uma zona que é mais árida, onde não podemos contar com as chuvas tal como nas zonas altas e, por conseguinte, trabalhamos no confinamento da pecuária”, disse o ministro, informando que foram construídos 10 currais.

Além da produção pecuária, Gilberto Silva fez saber que o MAA está a trabalhar na conservação de solos e água, e na instalação de um campo de pastagem. Pretende-se ainda apostar na plantação de coqueiros numa intervenção de cerca de 64 hectares, num investimento que ronda os 13 mil contos.

Na ocasião, Gilberto Silva disse acreditar que em São Salvador do Mundo “muito provavelmente” se vai ter “bom resultado” na cultura de sequeiro – milho e feijões – e que o pasto está garantido.

FM

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos