Santiago Norte: Ministro da Saúde satisfeito com a materialização da Política Nacional da Saúde na região

Assomada, 17 Dez (Inforpress) – O ministro da Saúde e Segurança Social manifestou-se hoje “satisfeito” ao constactar que a Política Nacional da Saúde está a materializar-se na Região Sanitária Santiago Norte (RSSN) de forma “bem evidente e consistente”.

Arlindo do Rosário intervinha no acto comemorativo dos 12 anos da criação da RSSN, que se assinala hoje com uma conferência intitulada “Saúde de excelência: as pessoas no centro da nossa atenção” e uma homenagem ao patrono do hospital regional, Dr. Santa Rita Vieira, com colocação de escultura, um retrato em relevo de grande dimensão.

O governante que não poupou nos elogios à RSSN afirmou que vê nessa região “organização, liderança, determinação, empenhamento e profissionalismo, a Saúde em todas as políticas, transectorialidade, parceria e resultados”.

Por tudo isso, Arlindo do Rosário assegurou que se nota “melhorias consistentes” dos indicadores da Saúde e sobretudo, que vê ainda a materialização do lema para a conferência “Saúde de excelência: as pessoas no centro da nossa atenção”, que, segundo ele, “mais do que um mero slogan” tem sido uma “verdadeira bandeira” que tem norteado a área da Saúde nessa região.

Hoje, segundo a mesma fonte, é um dia para se comemorar a Saúde e para se fazer uma reflexão profunda sobre a situação sanitária da região e no país sobre as metas traçadas, os ganhos conseguidos e desafios e constrangimentos a ultrapassar, mas também uma oportunidade de reforçar o compromisso de produzir mais vida, de defender a vida, mais saúde e mais democracia e mais liberdade.

Esses princípios, que aliás, lembrou, nortearam a vida e carreira do homenageado Dr. Santa Rita Vieira que considerou de uma “grande figura da história da medicina em Cabo Verde”.

O titular da pasta da Saúde juntou também a sua voz aos muitos nomes, sobretudo, profissionais do hospital regional que têm pedido a alteração no nome do hospital para o nome verdadeiro, ou seja, em vez de “Hospital Regional Dr. Santa Rita Vieira” que passe a ser “Hospital Regional Dr. Henrique Santa Rita Vieira” como uma forma de se ultrapassar essa “incorrecção”.

Na ocasião, o governante anunciou ainda mais meios para a RSSN e ainda o reforço da parceria entre o poder central e local em 2019.

Intervieram ainda no acto comemorativo o filho do homenageado Carlos Henrique Simões Santa Rita Vieira que agradeceu pelo tributo feito ao seu pai que considerou de “grande médico” em tempos que os meios auxiliares de diagnósticos eram rudimentares e o ministro da Cultura, Abraão Vicente, que disse que participa no acto em dever “da memória, do reconhecimento e da gratidão”.

O ministro aproveitou ainda para avançar que esta “singela homenagem” vinda da sociedade vai culminar com colocação de um “pequeno busto” no centro da cidade de Assomada (Santa Catarina) em homenagem ao Dr. Santa Rita Vieira.

O acto que decorreu no Hospital Regional Dr. Santa Rita Vieira, em Santa Catarina, foi seguido de uma conferência na Universidade de Santiago, onde serão debatidos temas como saúde na perspectiva do cidadão, iniciativas desenvolvidas a nível do HRSN e do Gabinete Técnico, iniciativa “Hospital Amigo da Criança”, campanha regional “Gravidez na Adolescência: Agora Não”, saúde comunitária perspectiva da equipa de promoção de Saúde de Santa Catarina e Banco de Sangue 10 anos a salvar vidas.

Na sessão onde foi apresentado o percurso e história do homenageado, estiveram presente os autarcas de Santa Catarina e de São Miguel, José Alves Fernandes e Herménio Fernandes, respectivamente, profissionais e dirigente da Saúde, director do Hospital e da Região, Imadoeno Cabral e João Baptista Semedo, respectivamente, e ainda o representante da OMS em Cabo Verde, Mariano Salazar Castellón.

FM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos