Santiago Norte: Enfermeiros e operacionais de saúde anunciam greve de dois a partir de segunda-feira

Cidade da Praia, 12 Fev (Inforpress) – Os agentes sanitários, enfermeiros e pessoal de apoio operacional das delegacias de saúde de Santiago Norte vão fazer, a partir desta segunda-feira,15, uma greve de dois dias, visando a satisfação de um conjunto de reivindicações.  

O anúncio foi feito hoje, na Cidade da Praia, pelo vice-presidente do Sindicato da Indústria, Serviços, Comércio, Agricultura e Pesca (SISCAP), Francisco Furtado, informando que a greve vai ser a nível nacional, por contar com o apoio dos profissionais de todas as ilhas. 

A actualização da grelha salarial, de acordo com o PCCS de 2013 e do quadro comum da Administração Pública, seguros de vida, promoção e requalificação e   fixação do subsídio de risco, são algumas das reivindicações apontadas como motivo desta greve. 

“O SISCAP apoia incondicionalmente essas reivindicações por considerá-las justas e legítimas e vêm de algum tempo, pelo que os profissionais de saúde estão cansados de tanto esperar, apesar de muitas promessas do Governo”, justificou o sindicalista. 

Acrescentou ainda que nunca reuniram com o Governo, facto que Francisco Furtado classificou de “descaso”, por ser da responsabilidade do Executivo a resolução dessas questões. 

“É da responsabilidade do Governo intervir na resolução desses problemas e o exortamos a mandar tomar as providências que se julgarem necessárias para a melhoria das condições de trabalho dessa classe profissional”, frisou, Francisco Carvalho, esperando que se “faça a reposição da legalidade”. 

“Esperamos o bom senso do Governo na imediata resolução dessas questões para a reposição da legalidade e pela valorização do trabalho prestado por esses profissionais”, concluiu o presidente do SISCAP. 

OM/DR 

Inforpress/Fim  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos