Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago Norte: Delegados do ME garantem arranque do ano lectivo “sem grandes sobressaltos”

Assomada, 12 Set (Inforpress) – Os delegados do Ministério da Educação (ME) dos seis concelhos de Santiago Norte garantiram hoje que está tudo a postos para o arranque do ano lectivo 2021/2022, aprazado para esta segunda-feira, 13, “sem grandes constrangimentos”.

Em entrevista à Inforpress, os delegados do ME Nelito Mascarenhas (Santa Catarina), Edna Silva (São Salvador do Mundo), José Maria da Veiga (São Lourenço dos Órgãos), Paulino Delgado (Santa Cruz), Viriato Gomes Furtado (São Miguel) e Nicolau Rodrigues (Tarrafal) asseguraram que os professores já estão todos colocados, os manuais escolares de 1º ao 8º ano já estão disponíveis nos postos de venda, com excepção do de Matemática e Língua Portuguesa de 8º ano que deverão chegar em meados de Outubro.

Garantem também que todas as condições sanitárias já estão criadas, que os géneros alimentícios para as cantinas escolares já estão nos municípios, e que o processo da vacinação dos professores e alunos maiores de 18 anos está em curso.

Os mesmos advertem que vão fazer cumprir a resolução do Governo que exige apresentação de testes PCR ou antigénio negativo válido a cada 14 dias, ou do certificado covid-19 de vacinação, daí apelam à adesão dos professores, alunos e funcionários elegíveis à campanha de vacinação.

Para tal, admitem a possibilidade de na primeira semana montar postos de vacinação nas proximidades ou nas escolas em parceria com delegacias de Saúde locais para vacinarem professores, alunos e funcionários elegíveis.

Em Santa Catarina, os sete agrupamentos escolares e uma escola não agrupada vão receber a partir do dia 13 de Setembro um total de 12.569 alunos, sendo que 1.900 são do pré-escolar e restantes do Ensino Básico Obrigatório (EBO [1º a 8º ano]) ao Ensino Secundário (9º a 12º ano), a serem acompanhados por 863 professores, incluindo monitoras.

Já no município de São Salvador do Mundo as previsões apontam para 1.613 alunos para EBO e Ensino Secundário, com um efectivo de 123 professores. No pré-escolar espera contar com 250 alunos a serem orientados por 14 monitoras.

Assim como no ano anterior o município vai contar com três agrupamentos escolares: Agrupamento 1 (Complexo Educativo de Achada Leitão), Agrupamento 2 (Achada Igreja) e Agrupamento 3 (Chão Rodrigues).

Composto por três agrupamentos (Escola Secundária Luciano Garcia, Escola Básica de Boca Larga e Escola Básica de São Jorge), o ano lectivo 2021/2022 em São Lourenço dos Órgãos vai arrancar com 1.003 alunos de 1º ao 12º ano, com 121 professores, e do pré-escolar com 310 crianças, a serem seguidas por 23 monitoras.

Assim como noutros concelhos de Santiago Norte, em Santa Cruz o ano lectivo vai arrancar “sem dificuldades relativamente à falta de professores, de salas de aulas e manuais escolares”, não obstante uma sala alugada.

No entanto, o delegado do ME garante que a mesma foi adaptada e reúne as condições para ser leccionada, tendo adiantado que com a previsão de construção de mais salas de aulas, que o problema será solucionado a “breve trecho”.

Segundo este responsável, para o ano lectivo 2021/2022 as previsões apontam para um total de 4.738 alunos do EBO, e mais de 2.200 alunos para Ensino Secundário, para 377 professores.

Para este ano o concelho irá contar com três agrupamentos: o Norte que engloba um conjunto de escolas (Cancelo Achada Laje, Saltos, Ribeira Boi, Serelho, Salina Ponta Matinho), o Centro com as escolas de Salina, Ponta Achada e Matinho e do Sul que engloba as escolas de Achada Fazenda, Renque pulga, Ribeira Seca, Librão e Porto Madeira.

Em São Miguel, a distância existente entre as escolas permitiu a organização do concelho em cinco agrupamentos escolares (Emílio Rodrigues, Complexo Educativo São Miguel, Agrupamento Vasco Firmino, Complexo Educativo Olegário Tavares e Agrupamento Álvaro Furtado).

Para este ano lectivo espera-se no pré-escolar cerca de 540 crianças, a serem orientadas por 47 monitoras, 2.329 alunos no EBO e 1.506 alunos no Ensino Secundário, para mais de 200 professores.

Já no Tarrafal com dois “grandes” agrupamentos (Agrupamento 1 e 2), estão inscritos um total de 4.275 alunos, sendo 2.948 EBO e restantes do Ensino Básico, que serão acompanhados por um total de 268 professores, sendo 133 para Ensino Secundário e restantes para EBO.

Para pré-escolar prevê-se um total de 637 crianças, sendo 313 de quatro e 324 de cinco anos, distribuídos por 64 monitoras.

Naquele município, segundo o delegado do ME Nicolau Rodrigues, tendo em conta a dispersão do concelho e zonas rurais, prevê-se turmas compostas.

Nos seis concelhos de Santiago Norte (Santa Catarina, São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos, Tarrafal, São Miguel e Santa Cruz) a previsão é que este número aumente com a entrada do 1º ano, pré-escolar e alunos repetentes do 12º ano e transferências.

À semelhança do ano lectivo findo, os delegados da Educação almejam neste novo ano reduzir o abandono escolar.

Por outro lado, os responsáveis asseguraram que nenhuma escola vai pôr em risco a segurança dos alunos, tendo em conta que foram feitas intervenções nos telhados, pátios, pinturas externas e internas, construções de novas salas de aulas, de cozinhas e casas de banho.

Sob o lema “resiliência e confiança para uma educação de qualidade” o ano lectivo 2021/2022 em Santiago Norte à semelhança dos outros concelhos e ilhas as aulas iniciam esta segunda-feira, 13, com carga horária completa, presencial e a possibilidade de aulas no ensino básico aos sábados, para recuperar atrasos na aprendizagem devido à pandemia de covid-19.

FM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos