Santiago Norte: CRE com mais 1.034 novos eleitores para as próximas legislativas

Cidade da Praia, 12 Fev (Inforpress) – A Comissão de Recenseamento Eleitoral (CRE) nos concelhos em Santiago Norte já conta com cerca de 1.034 novos eleitores inscritos, anunciaram os delegados da instituição na região.

Em São Lourenço dos Órgãos, a delegada, Isabel Varela, disse à Inforpress que o concelho conta agora com 84 novos inscritos, apontando que movimentação foi bastante lenta por parte das pessoas, condicionada também pelas restrições provocadas pela pandemia.

No concelho do Tarrafal, Mário Tavares explicou que o processo ficou condicionado pela falta de kits, por alguns dias, mas que após o constrangimento, os trabalhos continuaram na normalidade.

O responsável informou que foram inscritos 268 novos eleitores, ultrapassando a meta antes estipulada de 200 novas inscrições.

Em São Miguel, o responsável da CRE na região, Elísio Correia, avançou que 256 pessoas já estão inscritas, mas a meta era atingir os 300, tendo em conta o número de pessoas que completam ou completaram 18 anos até à data das legislativas.

Já em São Salvador do Mundo, António Varela indicou que o processo decorreu dentro da normalidade, em que os técnicos deslocaram-se para as zonas mais distantes, como forma de alcançar o maior número possível.
No concelho estão inscritos 186 novos eleitores.

Em Santa Cruz, o delegado da CRE, Eugénio Rodrigues, apontou que o processo de recenseamento para as eleições autárquicas foi mais movimentado, com maior número de inscritos.

Para as eleições legislativas frisou que a adesão tem sido “bem fraca”, apesar de terem alcançado 240 novos inscritos.

Em Santa Catarina, a Inforpress tentou entrar em contacto com a responsável da CRE no concelho, mas sem sucesso.

As eleições legislativas em Cabo Verde estão marcadas para o dia 18 de Abril e de acordo com o calendário eleitoral o recenseamento deve ser suspenso às 24 horas do dia 11 de Fevereiro, ou seja, 65 dias antes da data das eleições.

Suspenso o recenseamento, as Comissões de Recenseamento Eleitoral (CRE) têm até ao dia 22 de Fevereiro para exposição dos cadernos para efeito de consultas e reclamações dos interessados.

Sanados os erros e as reclamações, no dia 19 de Março dá-se inalterabilidade dos cadernos eleitorais, ou seja, a partir dessa data já não se pode mexer nos cadernos eleitorais até a data das eleições.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos