Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago Norte: Colaboradores das delegacias de Saúde perspectivam mais uma greve e por tempo indeterminado

Pedra Badejo, 18 Mar (Inforpress) – Os trabalhadores dos centros de Saúde de Santiago Norte, que terminaram esta quarta-feira a greve de dois dias, podem partir para uma nova greve nos próximos dias e por tempo indeterminado, caso as reivindicações não forem atendidas.

Esta possibilidade foi manifestada hoje à Inforpress pelo vice-presidente do Sindicato da Indústria, Serviços, Comércio, Agricultura e Pesca (Siscap), Francisco Furtado, num balanço da greve e manifestação dos agentes sanitários e pessoal de apoio operacional das delegacias de Saúde de Santiago Norte, com concentração em Santa Cruz.

Segundo a mesma fonte, os trabalhadores que estiveram reunidos após ao término da greve de dois dias vão anunciar nos próximos dias a “data propícia” para mais uma greve e desta vez por tempo indeterminado.

Francisco Cardoso lembrou que as reivindicações estão relacionadas com a correcção do enquadramento previsto no Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS), a regularização das carreiras, implementação dos 2,2 por cento (%) de aumento salarial concedidos pelo Governo em 2019, atribuição do subsídio de risco e de turno, e entre outros.

Relativamente à greve e manifestação, afirmou que devido à intimidação que a adesão rondou os 50%, ou seja, contou com participação dos trabalhadores das delegacias de Saúde do Tarrafal, São Miguel e Santa Cruz.

No primeiro dia, após uma concentração em Santa Cruz, os trabalhadores deslocaram-se à Cidade da Praia onde manifestaram-se em frente ao Palácio do Governo, exigindo “mais respeito, dignidade e a implementação do PCCS”.

FM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos